Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CIBERCRIMINOSOS UTILIZAM ELEIÇÃO DE NOVO PAPA COMO ISCA PARA INFECTAR USUÁRIOS

21/03/2013

19.mar.2013 - Antes do início da missa inaugural, o papa Francisco cumprimenta fiéis na Praça de S. Pedro
 

Golpistas têm utilizado falsas notícias relacionadas à eleição do novo papa para transmitir vírus a usuários. A infecção é feita por meio de e-mails em inglês com links falsos da rede de notícias americana "CNN". As ameaças foram detectadas pela empresa de segurança Trend Micro nesta quarta-feira (20).

  • Reprodução/Trend Micro

    E-mail com notícia falsa sobre o papa Francisco tenta infectar usuários com malwares

Os e-mails dos cibercriminosos tentam aguçar a curiosidade dos internautas por meio de notícias polêmicas ou controversas. Dentre as mensagens detectadas pela companhia de segurança, uma diz respeito ao passado do papa Francisco, que é acusado por um jornalista argentino de não ter tomado partido contra a ditadura no país. "Novo papa tenta se livrar do passado", diz o título da notícia, em inglês.

Já o título de outra mensagem com link falso é: "O novo papa Bento pode ser processado pelos casos de abuso sexual?". Neste caso, o golpista não se deu nem ao trabalho de acertar o nome do papa eleito, que é Francisco.

Este tipo de tática, de usar assuntos do momento com abordagem "polêmica", é conhecida no mundo da segurança como engenharia social.

Ao clicar nos links das falsas notícias, os usuários são levados para sites infectados. Com isso, o a vítima pode ter informações roubadas e o computador controlado pelos golpistas.

Uma das vulnerabilidades utilizadas para infectar os usuários utiliza brechas dos programas Adobe Reader e Adobe Acrobat. A Trend Micro recomenda que os usuários acessem a página oficial da Adobe e instale a versão mais nova desses programas.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar