Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

JOVEM É CONDENADO A 3 ANOS DE PRISÃO POR EXPOR DADOS DE USUÁRIOS DE IPAD

19/03/2013


O líder de um grupo de crackers, Andrew Auernheimer, de 27 anos, foi condenado hoje (18/03) a três anos e cinco meses de cadeia por explorar uma vulnerabilidade nos servidores da operadora americana AT&T e roubar os dados pessoais de mais de 114 mil usuários de iPads.

O incidente ocorreu em junho de 2010 e chegou a chamar a atenção do FBI, que iniciou um processo de investigação. Através da falha, Auernheimer e outros membros do grupo Goatse Security conseguiram obter os endereços de e-mail dos clientes da companhia.

“Não vim aqui hoje para pedir perdão”, afirmou o jovem à juíza Susan Wigenton, conforme a Bloomberg. “A Internet é maior do que qualquer lei. Muitos, muitos governos que tentaram restringir a liberdade da Internet acabaram derrotados.”

O promotor do caso, Michael Martinez, alegou que Auernheimer sempre tenta culpar os outros. “Ao invés de admitir responsabilidade pela sua própria conduta, ele culpa a AT&T”, disse. “Quando alguém obtém acesso sem a permissão do usuário, é claramente uma violação.”

Para o advogado de Auernheimer, Tor Eckland, a lei contra fraude de computadores não deixa totalmente esclarecido o que pode ser considerado um acesso não-autorizado. “A lei não é completamente clara”, alegou. Baseado nas provas, incluindo e-mails e logs de chats, o tribunal entendeu que Auernheimer sabia que estava, de fato, roubando, e que expôs os dados obtidos para conseguir publicidade para si mesmo.


 
 
 
 
Fonte: Adrenaline

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar