Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

DELL APOSTA EM CONSUMERIZAÇÃO E ANUNCIA NO BRASIL NOVA LINHA DE EQUIPAMENTOS

14/03/2013

A fronteira cada vez mais cinza do uso da tecnologia digital para trabalho e vida pessoal, que na linguagem de TI convencionou-se chamar de consumerização, está por trás da nova linha de desktops, tablets, notebooks e ultrabooks conversíveis anunciados hoje, 13/03, em São Paulo, pela Dell. "Nossa proposta é sermos pioneiros em consumerização", diz Raimundo Peixoto, diretor-geral da Dell no Brasil.

Raymundo Peixoto explica que a estratégia da empresa, iniciada há quatro anos, é de posicionar-se não como um fabricante de PCs, mas sim como uma "empresa fornecedora de tecnologia ponta-a-ponta". "Estamos chamando nossos produtos, não mais de PCs, mas de  ´end user computing´ e focando em toda a cadeia de uso de TI, do consumidor final ao corporativo, e incluindo nesse portfólio um leque de tecnologias de hardware, software e serviços ", diz Peixoto.

As novidades incluem o ultrabook híbrido XPS 12, conversível, que utiliza um recurso diferenciado para inverter a tela e transformar-se num tablet; e o Latitude 10, primeiro tablet Dell com Windows 8 e o único do mercado a ter baterias removíveis e intercambiáveis (com até 20 horas de duração). A linha de notebooks Inspiron também tem novidade, com modelos que podem ser configurados com tela comum ou tela touchscreen (pagando um valor diferencial de 300 reais, segundo a empresa).

Junto com a mobilidade vem a nova geração de desktops da Dell, máquinas "all-in-one" com tela touch de 23 polegadas para mercado doméstico (Inspiron 2330) e corporativo (Optiplex 9010). Todos os equipamentos são Windows 8, acompanhando o movimento assumido pela empresa de manter parceria estreita com a Microsoft.

A empresa aposta na tendência inexorável da consumerização e quer atender o desejo dos usuários de ter máquinas "mais bonitas, mais simples e mais seguras" para casa e trabalho, com a necessidade dos diretores de TI das empresas de gerenciar a segurança das informações nesses equipamentos.

O tablet Latitude 10, por exemplo, terá três versões - Lite, Standard e Security - sendo que a terceira inclui recursos de segurança corporativa como leitor de smartcard e leitor biométrico. Já o ultrabook conversível, diz Carlos Rabello, gerente de marketing para o consumidor final da Dell, foi preparado para encarar vida dupla entre trabalho e casa: "ele é feito em fibra de carbono; tem tela recoberta com Gorilla Glass e recebeu isolamento térmico para evitar que, ao ser usado no colo, tenha transferência de calor que interfira no resfriamento da CPU.

As máquinas já estão disponíveis para compra no site da Dell. Os preços são premium: o ultrabook conversível XPS 12 tem preço inicial de 4,99 mil reais e o tablet Latidude 10 custa R$ 2.299 na versão mais simples, Lite. As máquinas domésticas "tudo-em-um" Inspiron 2330 custam no modelo básico 3 mil reais, enquanto que o equipamento corporativo, Optiplex 9010 será vendido por preço inicial de 4,14 mil reais.
 
 
 
Fonte: Computerworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar