Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CASAMENTOS PELA INTERNET ESTÃO EM ALTA

07/03/2013

A noiva em um local. O noivo em outro. Os convidados, cada um em sua casa. E o juíz de paz também. Todos, conectados pela internet, ouvem a pergunta: “Aceita tal pessoa em casamento?”

Pode parecer estranho, mas a modalidade, atualmente conhecida como “proxy marriage”, está se popularizando bastante.

Tecnologias como Skype e Google Hangouts têm colaborado ainda mais para o crescimento destes eventos. A empresa Proxy Marriage Now, na Carolina do Norte, realiza cerca de 400 a 500 casamentos por ano. E o número vem crescendo entre 12% e 15% anualmente.

Uma reportagem do New York Times mostra que a história começou com soldados norte-americanos.

Como muitos iam para a guerra e não sabiam se conseguiriam voltar vivos, eles aproveitavam os benefícios da tecnologia para oficializarem seu amor e não deixarem a amada sem a divisão de bens.

Os imigrantes também ajudaram a popularizar os casamentos virtuais nos EUA. No entanto, segundo o jornal, muitos passaram a se aproveitar da oportunidade para conseguirem cidadania estadunidense e depois abandonavam seu marido ou esposa.

Em alguns estados, o casamento via internet não é reconhecido. Em outros, apenas soldados podem utilizá-lo. A prática é tão nova, que algumas autoridades da imigração nem tinham noção do “golpe” feito por imigrantes.

A reportagem também alerta que, em outros casos, o “proxy marriage” foi utilizado para atrair estrangeiras e torná-las escravas sexuais.

E aí? Qual sua opinião sobre os casamentos virtuais? 
 
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar