Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ISLÂNDIA PLANEJA BANIR A PORNOGRAFIA ONLINE

14/02/2013

O governo islandês estuda um projeto que pretende dar um fim à pornografia digital no país. Caso a medida se concretize, seria a primeira nação democrática do mundo ocidental a baixar uma proibição deste nível sobre a internet.

O projeto tem como objetivo frear o que o governo considera um efeito danoso às crianças e mulheres. A proibição teria como meta evitar que as crianças sejam influenciadas pelo conteúdo cada vez mais violento disponível na rede, bem como frear o crescimento da agressão sexual no país, que tem sido ligada à pornografia.

"Precisamos discutir um bloqueio contra pornografia violenta, que, como todos concordamos, tem efeitos prejudiciais nos jovens e oferece uma ligação clara a incidência de crimes violentos, afirma Ogmundur Jonasson, ministro de assuntos internos da Islândia, em entrevista ao Daily Mail.

Para colocar a medida em ação, o país deverá bloquear o acesso a endereços de sites pornográficos, bem como tornar ilegal o uso de cartões de crédito islandeses para acessar sites pagos.

"A medida não é contra o sexo, mas contra a violência. Os jovens estão vendo pornografia e agindo como tal. Este é o nosso limite. Este material está borrando os limites entre o que é certo e errado para os jovens", explicou Jonasson.

O país já possui uma lei contra a impressão e distribuição de pornografia em vigor, mas a legislação ainda não engloba a internet. Espera-se que a lei entre em vigor ainda neste ano, mesmo com as eleições da Islândia acontecendo em abril, o que poderia atrasar as discussões.

A Islândia também já baniu os bares de strip-tease de seu território, alegando que eles feriam os direitos civis das mulheres que lá trabalhavam.
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar