Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

FUNDADOR DO WIKILEAKS PEDE FIM DE SIGILO SOBRE AVIÕES DRONES

11/02/2013 03:00:00

O fundador do site Wikileaks, Julian Assange, pediu às autoridades americanas que seja permitida a consulta aos documentos secretos sobre os ataques com aviões sem tripulação, considerando que estas decisões arbitrárias de matar cidadãos evidenciam uma "queda do sistema americano".

Julian Assange, o australiano de 41 anos que desatou a fúria do governo americano a revelar milhares de mensagens secretas, condenou a controvertida autorização do presidente Barack Obama de matar cidadãos americanos que tenham conspirado com a Al-Qaeda.

Philip Toscano/Associated Press (31.01.2013)
Julian Assange, fundador do Wikileaks, quer transparência em relação aos drones
Julian Assange, fundador do Wikileaks, quer transparência em relação aos aviões não-tripulados drones

Assange fez uma rara aparição na televisão.

"Não vejo um queda maior (de um sistema) quando o executivo pode matar arbitrariamente seus próprios cidadãos, em segredo, sem que se difunda publicamente nenhuma decisão", declarou Julian Assange durante o programa Real Time de Bill Maher, no canal HBO.

"É por isso que precisamos de organizações como o Wikileaks. Eu peço a qualquer um na Casa Branca que tenha acesso a esses regulamentos e procedimentos que faça o que for necessário para que os recebamos. Seu anonimato será respeitado", enfatizou.

Assange falou com Bill Maher, que é defensor do Wikileaks, por videoconferência da embaixada do Equador em Londres, onde se encontra refugiado há seis meses para escapar de uma extradição para a Suécia, onde é acusado em um caso de estupro, no qual alega inocência.
 
 
 
 
Fonte: Folha

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar