Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CONSUMIDORES ESTÃO GASTANDO MAIS PARA VER FILMES

25/01/2013

 

A receita total dos produtores de filmes em 2012 foi de US$ 62,4 bilhões, um crescimento de 2% sobre o arrecadado no ano anterior (US$ 61,1 bilhões). Os números constam de um levantamento divulgado pela empresa de pesquisas IHS Screen Digest, cobrindo 37 países dos cinco continentes.

O estudo soma os valores apurados nas bilheterias de cinemas com as vendas e locações de filmes em disco (DVD e Blu-ray), o consumo no formato VoD (Video-on-Demand) e a distribuição paga pela internet. 

A América do Norte mais uma vez foi a região com maior participação no negócio de filmes, respondendo por 41% de tudo que foi arrecadado em 2012 (o consumidor americano, apesar da crise atual, gastou em média 80 dólares ao longo do ano para consumir filmes nas quatro plataformas). Mas o maior crescimento veio dos países da região denominada Ásia-Pacífico, que não inclui o Japão, mas onde estão os dois maiores consumidores de filmes do mundo atualmente depois dos EUA: China e Índia. Devido à alta quantidade de conteúdos locais, esses mercados vêm crescendo bem acima da média mundial. 

De modo geral, a pesquisa confirmou a queda nas vendas de discos físicos, tanto Blu-ray quanto DVD, tendência que deve se manter nos próximos anos. "Ao contrário do cinema, as mídias físicas estão mais sujeitas à competição por preço, que é  comum em todo mercado de varejo", explica Tania Loeffler, analista da IHS. Os discos respondem atualmente por 39% de todo o faturamento da indústria de filmes.  

No entanto, o maior fenômeno indicado pelo estudo é o aumento das receitas com VoD, via operadoras de TV por assinatura ou serviços como iTunes e Netflix, tecnicamente chamados Over-the-Top (OTT). Ao todo, foram adquiridos ou alugados por esse formato 685 milhões de filmes pelas operadoras e 174 milhões via OTT. Já a compra ou locação convencional de filmes online ficou bem abaixo: 52 milhões de transações. 
 
 
 
Revista HT

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar