Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ALAN COX DEIXA O DESENVOLVIMENTO DO KERNEL LINUX

25/01/2013

 

Cox vem contribuindo de várias formas com o desenvolvimento do Linux desde 1991, logo após Linux Torvalds desenvolver sua variante Open Source do sistema operacional Unix. Mais recentemente, Cox trabalhou no desenvolvimento do kernel em prol da Intel, empresa da qual é funcionário.

Em uma mensagem no Google+, Cox disse que “está dando um tempo” para resolver assuntos familiares, e esclarece: “eu sei que ‘assuntos familiares’ é termo de gerente para ´eu acho que o chefe é um babaca’, mas quero deixar claro a todos que embora eu frequentemente ache que Linus é um babaca (e, portanto, muito bom como “ditador do kernel”) estou me retirando genuinamente por motivos familiares, e não porque me desentendi com Linus, a Intel ou qualquer outra pessoa”. Ele também declarou que “pode voltar em algum ponto no futuro”.

Como único responsável por decidir quais mudanças são realmente incorporadas no Linux, o comportamento abrasivo de Linus é bem conhecido, e talvez até mesmo uma ferramenta eficaz para manter o desenvolvimento em um ciclo rápido de lançamentos. Em dezembro ele criticou com grande vigor um desenvolvedor do kernel empregado pela Red Hat por causa de “código cheio de bugs”. Cox também não esconde seus desagravos em público: no início desde mês ele criticou duramente a 18ª versão da distribuição Linux Fedora por ser “bugada” e “impossível de usar” em alguns aspectos.

“Aplaudimos as contribuições de Alan para o kernel Linux e desejamos a ele o melhor no futuro. Ele é um dos melhores desenvolvedores de software no mundo, e suas contribuições para o Linux foram muitas e não devem ser subestimadas”, disse Amanda McPherson, vice-presidente de marketing e programas de desenvolvimento da Linux Foundation.

Cox é frequentemente considerado como um dos mais importantes desenvolvedores e mantenedores do Linux, junto com Lunux Torvalds, Andrew Morton, Greg Kroah-Hartman e alguns outros. Ele trabalhou intensamente na correção e atualização dos componentes de rede do kernel no início do projeto, e também foi mantenedor do sistema de emulação de terminal (TTY) até 2009. Mais recentemente, ele foi o mantenedor oficial da série 2.2 do kernel, e manteve também sua própria versão (a série -ac) do kernel 2.4.

“Não há dúvida de que sua saída é uma perda, mas por sorte a comunidade do kernel tem um conjunto robusto de mantenedores e desenvolvedores, milhares deles, que se certificarão de que o trabalho de Alan tenha continuidade. Esperamos dar as boas-vindas a ele novamente no futuro”, disse McPherson.Alan Cox, um dos principais colaboradores no desenvolvimento do kernel Linux, está abandonando sua participação voluntária no projeto, citando como motivo a necessidade de dar atenção a assuntos familiares.
 
 
 
 
Fonte: Pcworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar