Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

VENDAS DE SMARTPHONES COM TELAS ´GIGANTES´ IRÃO DECOLAR ESTE ANO

18/01/2013

 

 
 

As vendas de smartphones com telas de 5 polegadas ou maiores irão mais do que dobrar este ano, já que os consumidores estão cada vez mais atraídos pelos tamanhos de tela grande oferecidos pelos celulares, de acordo com uma previsão da IHS iSuppli.

A empresa disse que espera que as vendas destes aparelhos alcancem pouco mais de 60 milhões de unidades em 2013, ante 25 milhões de unidades em 2012. O mercado inteiro de smartphones deverá vender em torno de 836 milhões de aparelhos, o que significa que os celulares de tela grande irão corresponder por aproximadamente 7%  do mercado. Em 2012, esses mesmos dispositivos foram responsáveis por cerca de 4% de todos os smartphones, disse a IHS iSuppli. A demanda por aparelhos de tela grande é mais forte na Ásia, onde os clientes acham o tamanho grande da tela mais fácil para escrever mensagens de texto em sua língua, disse Vinita Jakhanwal, diretor de pesquisa de telas para aparelhos móveis na empresa. 

Na International CES em Las Vegas da semana passada, dois fabricantes chineses de celulares apresentaram novos aparelhos com telas grandes. O Grand S, da ZTE, possui tela de 5 polegadas e alta definição (1920 por 1080-pixels), enquanto o Ascend Mate, da Huawei, tem tela de 6,1 polegadas. Essa tela diminui ainda mais a fronteira entre o celular e o tablet, e é a maior já vista em um smartphone.

Obviamente, as diversas telas não são criadas da mesma maneira - algo que a Apple procurou sublinhar quando começou a enfatizar as telas "retina" em seus telefones. Essas telas comprimem os pixels mais próximos um dos outros do que muitos celulares concorrentes, resultando em uma imagem muito mais nítida, mas que também está sendo desafiada pela nova onda de telas maiores.

Full HD
"A Apple tentou diferenciar seu produto e chamar a atenção para o PPI (pixels por polegada, em inglês) pelos qual as pessoas não se importaram no passado", disse Jakhanwal. "Todos os novos telefones são full HD e alguns são maiores do que 440 pixels por polegada. O iPhone é 326ppi, de modo que os novos celulares estão definitivamente tentando utilizar o burburinho que a Apple criou em torno do PPI".

Permitir o crescimento da tela em smartphones é uma expansão na capacidade de produção de tais telas por fabricantes importantes, como Sharp, LG Display e Japan Display, uma empresa formada no final de 2011, quando Sony, Toshiba e Hitachi fundiram suas pequenas e médias empresas. A oferta de telas de 5 polegadas ou maiores ainda é pequena, mas as novas e mais avançadas linhas de produção provenientes destas empresas, e mais tarde de fabricantes chineses, irão ajudar a aumentar o abastecimento para atender à crescente demanda, disse Jakhanwal.

Para os fabricantes de telas, o crescente mercado é uma boa notícia. As telas em smartphones são muitas vezes produtos high-end com alta resolução, que comandam preços mais elevados e melhores margens de lucro do que as telas de 3 e 4 polegadas, onde a concorrência é muito alta, disse Jakhanwal.
 
 
 
Fonte: IdgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar