Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

QUASE 1 MILHÃO DE UNIDADES DO RASPBERRY PI JÁ FORAM VENDIDAS

17/01/2013

A Fundação Raspberry Pi estima que um milhão de unidades de seu diminuto computador de baixo custo foram (US$ 25) vendidas desde o lançamento no ano passado, de acordo com números divulgados por uma das distribuidoras do produto, a Premier Farnell.

A Premier Farnell anunciou na semana passada que já produziu mais de 500 mil Raspberry Pi desde fevereiro de 2012, e que não há sinal de redução na demanda. “A cada vez que falamos sobre o Rasberry Pi dizemos que ele tem sido um verdadeiro fenômeno, e é verdade”, disse Mike Buffham, executivo da Premier Farnell.

A empresa é uma de apenas duas distribuidoras oficiais do Raspberry Pi: a outra é a RS Components. “Ainda não temos números atualizados da RS Components, mas a notícia da Farnell sugere que provavelmente já vendemos nosso milionésimo Pi”, disse Liz Upton, gerente de marketing da Fundação Raspberry Pi em um post no blog oficial.

O Raspberry Pi tem ajudado a impulsionar uma nova onda de entusiasmo pela programação de computadores. Com uma placa-mãe não muito maior que um cartão de crédito, o Raspberry Pi é extremamente barato, e capaz de rodar software básico para processamento de textos e internet.

raspberrypi-360px.jpg
Um Raspberry Pi "Modelo B". Crédito: Jwrodgers / Wikimedia Commons

O computador tem conexões básicas para TV (analógica e HDMI), entrada (USB) e rede (Ethernet), e pode rodar distribuições Linux como o Fedora, Debian e ArchLinux. É visto por alguns como uma forma barata de substituir PCs para Home Theater ou desktops Windows de baixo custo para tarefas como acesso básico à internet e produtividade.

Entretanto, o objetivo principal da Raspberry Pi Foundation, que não tem fins lucrativos, é promover a programação de computadores, algo que o próprio governo inglês apóia com iniciativas como a introdução de aulas de programação no currículo escolar.

“As gerações mais jovens tem demonstrado interesse significativo em aprender como montar e programar seus próprios computadores. E tem sido ótimo observar o enorme crescimento no mercado entusiasta”, disse Eben Upton, co-fundador da Raspberry Pi Foundation. “Vi projetos que vão de galinheiros integrados ao Twitter a kits para produção doméstica de cerveja, todos criados com o Raspberry Pi e seus acessórios”.

No final de 2012 a Raspberry Pi Foundation abriu uma loja de aplicativos dedicados ao seu aparelho, com a qual  espera tornar mais fácil para desenvolvedores de todas as idades a tarefa de compartilhar seus jogos, aplicativos, ferramentas e tutoriais como o resto da comunidade.

A Premier Farnell também anunciou recentemente que o Raspberry Pi será produzido no Reino Unido, o que o torna o primeiro computador pessoal completamente “britânico” em quase duas décadas.
 
 
 
Fonte: Pcworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar