Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CONHEÇA O ´OCULUS RIFT´, UM ÓCULOS DE REALIDADE VIRTUAL IMPRESSIONANTE

16/01/2013

Depois de experimentar um protótipo do óculos de realidade virtual Oculus Rift durante a CES 2013 em Las Vegas, na semana passada, fiquei impressionado, intrigado e um pouco desorientado. Há muito não víamos um dispositivo de realidade virtual decente. Este foi meu terceiro ano cobrindo a feira, e pessoalmente nunca tinha visto nada que me fizesse ansiar pelos mundos virtuais com os quais sonhava quando era um garoto lendo Neuromancer. Isso mudou depois que agarrei a oportunidade de experimentar um protótipo do kit de desenvolvimento do Oculus Rift e finalmente tive a experiência em realidade virtual que imaginei durante anos.

oculusrift_proto-360px.jpg
Protótipo do Oculus Rift: peças comuns e alto desempenho

O Oculus Rift foi um projeto popular no site Kickstarter, que atingiu sua meta de investimento em agosto de 2012. A equipe Oculus VR trouxe um protótipo do kit de desenvolvimento para a CES, e por mais que eu não goste da idéia de jogos em realidade virtual (lembram do VirtualBoy?), este aparelho faz um trabalho incrível ao deixar o usuário realmente imerso em um mundo virtual.

Mas por melhor que tenha sido a experiência, não há garantia de que o produto final que chegará às lojas terá o mesmo hardware, funcionará da mesma forma ou sequer terá a mesma aparência do que vimos na CES. Falar com a equipe da Oculus VR sobre detalhes concretos como preço, data de lançamento ou mesmo especificações do hardware é complicado, porque o aparelho ainda está sendo ajustado e melhorado. A impressão que se tem é que, se depender apenas da equipe, o Oculus Rift nunca irá parar de evoluir.

Ainda assim, em algum momento o produto terá que ser vendido, e em março os kits de desenvolvimento do Oculus Rift devem ser enviados aos desenvolvedores de software e a qualquer um que contribuiu com US$ 300 ou mais para o financiamento do projeto via Kickstarter. Embora alguns desenvolvedores selecionados já tenham começado a trabalhar em conjunto como a Oculus VR para encontrar formas viáveis de incorporar a tecnologia em jogos 3D sem deixar os jogadores enjoados, provavelmente levará algum tempo para que a maioria dos desenvolvedores consiga “pegar o jeito” de todos os recursos do hardware.

Depois de passar meia-hora testando o protótipo, ele me pareceu incrivelmente capaz. Já brinquei com um bom número de “capacetes” de realidade virtual, por diversão ou a trabalho, mas este foi o primeiro que testei que não causou tontura ou desorientação depois de 15 minutos de jogo. Tudo isso é ainda mais interessante quando você leva em conta que o Oculus Rift foi projetado com peças comuns e amplamente disponíveis, usando tecnologia que é muito similar àquela que permite que seu smartphone detecte movimento e orientação.

oculusrift_render-360px.jpg
Versão final do Oculus Rift terá um design mais sofisticado

Há um conjunto de sensores na frente dos óculos que inclui um giroscópio, acelerômetro e magnetômetro, e assim como seu smartphone esses dispositivos são usados para rastrear o movimento de sua cabeça no espaço tridimensional. Os dados são enviados para um circuito de controle e usados para determinar como seu personagem se move por uma cena em 3D, que então é renderizada em uma tela LCD de 7” e resolução HD, que você vê através de duas lentes (uma para cada olho) trabalhando em conjunto para criar uma imagem estereoscópica em tempo real, sem praticamente nenhuma latência.

Se isso soa como algo complicado, é porque é. E o fato de que a Oculus VR conseguiu construir um protótipo gastando cerca de US$ 300 em peças é notável. É o primeiro óculos de realidade virtual decente que já usei, e não posso esperar para colocar minhas mãos na versão final. Só espero que os desenvolvedores de jogos de PC invistam o tempo e recursos necessários para adaptar jogos modernos para este periférico único.
 
 
 
Fonte: Pcworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar