Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

RIO DE JANEIRO E ESPÍRITO SANTO TERÃO 9º DÍGITO A PARTIR DO 2º SEMESTRE DE 2013, DIZ ANATEL

10/01/2013

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) informou em relatório divulgado nesta quarta-feira (9) que Rio de Janeiro, Espírito Santo e o interior de São Paulo irão implementar no segundo semestre do ano o nono dígito nos números de celular. O órgão regulador de telecomunicações no país que números de todo o país tenham o nono dígito até o final de 2016.
 
Segundo o cronograma, as áreas de DDD de 12 a 19 (do Estado de São Paulo) deverão ter o nono dígito adicionado a partir de 25 de agosto. Já os telefones com código de área do Rio de Janeiro (21,22 e 24) e do Espírito Santo (27 e 28) deverão ser alterados a partir de 27 de outubro. Com as mudanças, os números de celular dessas localidades terão a seguinte estrutura: 9XXXX-XXXX.
 

O relatório da Anatel estabelece que as operadoras façam testes entre 30 e 60 dias antes do dia determinado para a mudança para o novo padrão de numeração. A migração deverá acontecer da mesma forma como teve em São Paulo: inicialmente, o uso do nono dígito será opcional para, em seguida, se tornar obrigatório ao fazer as ligações. Durante o processo, os clientes ouvirão mensagens de orientação a alterarem seus números e de seus contatos.

Até o momento, apenas os números da área 11 (no Estado de São Paulo) utilizam esta estrutura no país. De acordo com a Anatel, 64 municípios já estão com a numeração no novo padrão, que começou no dia 29 de julho de 2012.

A mudança no formato de número de telefones móveis virou uma necessidade considerando o crescimento da base. Em São Paulo, por exemplo, o número de combinações estava chegando perto do limite possível com oito dígitos: 44 milhões. Com o nono dígito, esse limite subiu para 90 milhões.

O acréscimo é obrigatório e vai atingir todos os usuários de telefonia celular das operadoras Claro, Vivo, TIM e Oi. Usuários de telefonia via rádio (da operadora Nextel) não serão atingidos. Telefones residenciais continuam com oito dígitos.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar