Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MINISTRO DA EDUCAÇÃO CONFIRMA ATAQUE HACKER NO ENEM DESTE ANO

09/01/2013

aloizio

Em coletiva para imprensa nesta terça-feira (8), o ministro da Educação Aloizio Mercadante confirmou o ataque por DDOS no sistema de consulta de notas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). O ataque ocorreu no dia 28 de dezembro, durante o acesso dos estudantes às notas do exame pelo site do Instuto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). As informações são do portal EBC.

De acordo com Mercadante, o site recebeu mais de 30 milhões de tentativas de acesso por segundo. “Foi um ataque de grande porte, mas não houve nenhuma consequência aos dados. Por isso, resolvemos passar o processo para a nuvem”, afirmou. O uso da nuvem citado refere-se ao processo de computação em nuvem, que utiliza várias máquinas interligadas, dividindo a memória de uso e processamento. Um exemplo famoso desse tipo de computação são as planilhas e arquivos de sites como o Google DOCs e o serviço de armazenamento Dropbox.

Já o DDOS é uma modalidade de ataque em que um pessoa ou grupo de usuários configuram computadores para fazer acessos simultâneos e frequentes a úm único endereço de site. Dessa forma, o site-alvo é sobrecarregado e não consegue dar conta de tantas requisições (solicitações de acesso) e começa a falhar (ou cair).

cartoes
Foto: NE10

Sisu não teve vazamentos

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, negou que tenha ocorrido vazamento e alteração de dados de candidatos no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) aberto nesta madrugada e que oferece 129 mil vagas em 101 instituições públicas de educação superior.

“Nos primeiros minutos da abertura, quatro a cinco estudantes entraram na página que dava acesso a alguns dados. Não pode alterar nada, não tem nenhuma implicação ou desdobramento e foi imediatamente corrigido. Tudo andou com toda segurança e estabilidade, já são mais de 470 mil inscritos em apenas 12 horas de abertura do sistema”, disse o ministro.

Nos primeiros minutos de inscrições no Sisu, candidatos relataram em redes sociais uma falha que permitiu o acesso a dados pessoais e a notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de outros estudantes. “Foi um pequeno problema na abertura do processo de acesso, sem nenhuma implicação”, acrescentou o ministro, ao ser perguntado se houve falha técnica ou vazamento de informações.” 
 
 
 
Fonte: Ne10

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar