Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CES 2013: SONY ANUNCIA O SMARTPHONE XPERIA Z, SEU NOVO ´CARRO CHEFE´

08/01/2013

Assista a filmes no chuveiro, capture vídeo em HDR ou apenas use-o para fazer uma chamada. A Sony diz que tem algo para todos com seu novo smartphone Xperia Z, o carro-chefe da empresa para o ano de 2013.

O aparelho, que foi anunciado nesta segunda-feira durante a CES 2013 em Las Vegas, nos EUA, combina várias tecnologias chave da Sony, com as quais a empresa espera criar um aparelho capaz de se diferenciar no competitivo mercado de smartphones Android.

O smartphone é baseado num processador quad-core Qualcomm Snapdragon S4. O chip torna o aparelho bastante veloz, mas também está disponível a outros fabricantes. O que pode ajudar a diferenciar o Xperia Z de seus concorrentes é a tecnologia e experiência que a Sony foi buscar em suas próprias divisões especializadas em tecnologias de tela, bateria e câmeras.

“É o melhor da Sony, em um smartphone”, diz Calum MacDougall, diretor de marketing para a linha Xperia na Sony, em uma entrevista durante a CES.

A tela de 5 polegadas e alta-definição (Full HD) é a primeira coisa que se nota no aparelho. Ela ocupa a maior parte da frente do Xperia Z e ainda mais da frente do Xperia ZL, uma segunda versão do aparelho que é um pouco menor, porém mais grossa, e será oferecida em alguns mercados.

xperiaz-360px.jpg
Sony Xperia Z

Por trás da tela está a Mobile Bravia Engine 2, uma tecnologia que ajusta vídeos e imagens para que tenham a melhor aparência possível. Em uma demonstração a tecnologia produziu uma imagem notavelmente melhor, com cores mais vivas, melhor contraste e aparentemente melhor definição.

Para manter tudo funcionando há uma bateria feita pela Sony, que é combinada a uma nova versão de um software de gerenciamento de energia, também desenvolvido pela Sony. Batizado de “Battery Stamina” o software, que estreou no Xperia T, desativa aplicativos quando a tela do aparelho é desligada, o que reduz o consumo de energia quando o aparelho não está em uso, aumentando a autonomia.

O indicador de bateria em um aparelho em exibição na feira saltou de “2 dias” para “7 dias” restantes (em espera) quando o recurso foi habilitado. A autonomia é estimada em 14 horas de conversação numa rede 3G ou até três semanas em standby em uma rede 3G ou LTE.

Uma novidade é a capacidade de adicionar alguns aplicativos a uma “lista branca”, como e-mail e mensagens instantâneas, para que possam continuar rodando mesmo quando outros apps são desativados.

O Xperia Z tem uma câmera com sensor Exmor RS Mobile de 13 Megapixel, desenvolvido pela divisão de imagem da Sony. Também há uma segunda câmera, frontal, com um sensor de 2 MP para videochamadas.

Entre os recursos da câmera estão um modo “Intelligent Auto” que muda automaticamente o modo de cena de acordo com o que está sendo fotografado. O modo HDR, que envolve a captura e combinação de várias imagens para produzir uma única foto com equilíbrio entre as áreas de luz e sobra, agora pode ser usado na gravação de vídeos. Também há um modo “burst” que faz 10 fotos por segundo em resolução de 9 megapixels, que pode ser usado continuamente até que a memória do smartphone esteja cheia.

Outro recurso interessante é a capacidade de tocar o aparelho ao controle remoto de uma das várias novas TVs que a Sony também está anunciando na CES. Após o controle e smartphone se encontrarem, é possível enviar de forma fácil vídeo do smartphone para uma TV via WiFi.

Você também pode assistir vídeo durante o banho. O aparelho é resistente a água e poeira (com certificação IP55 e IP57) e pode ser submerso a profundidades de até um metro por até 30 minutos. Em uma demonstração um aparelho foi brevemente derrubado em um jarro com água para mostrar que tudo continua funcionando mesmo após um banho.

O Xperia Z é baseado no Android 4.1, também conhecido como “Jelly Bean”, e estará nas lojas (no exterior) no primeiro trimestre deste ano nas cores preta, púrpura e branca. A Sony diz que uma atualização para a versão mais recente do sistema operacional, Android 4.2, estará disponível logo após o lançamento. O preço não foi anunciado.
 
 
 
 
Fonte: IDgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar