Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

NELSON TANURE DENUNCIA PRÁTICAS DA TIM

28/12/2012

A JVCO Participações, do empresário brasileiro Nelson Tanure, vai instaurar procedimento arbitral no exterior para exigir da Telecom Italia e de sua controlada TIM Participações o cumprimento de obrigações previstas no acordo de acionistas da operadora brasileira de telefonia. A reação de Tanure vem poucos dias após o anúncio da rescisão do documento na última sexta-feira, 21.

Segundo informou a TIM no fim da semana passada, a JVCO passou a deter menos de 1,5% do capital da companhia, o que dá "à controladora (Telecom Italia) o direito de, a seu exclusivo critério, rescindir imediatamente o acordo de acionistas".

O pedido de procedimento arbitral pela JVCO – parte da Docas Investimentos, de Tanure – será feito na International Chamber of Commerce (ICC).

A JVCO disse ainda que apresentou em junho denúncia à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). A empresa pedia a investigação das normas e critérios utilizados na determinação da provisão para contingências tributárias, constante das demonstrações financeiras da TIM.

As informações no site da CVM mostram que o processo está "em andamento" e que teria sido encaminhado em novembro à Gerência de Acompanhamento de Empresas.

Entenda

Entre 2009 e 2011, segundo a JVCO, o valor foi reduzido em cerca de 30 milhões de reais, enquanto as contingências tributárias classificadas como de "risco de perda possível" elevaram-se em 4 bilhões de reais no período, segundo o documento enviado à CVM.

A JVCO era a antiga controladora indireta da operadora Intelig, comprada pela TIM em 2009. O pagamento foi feito com ações da TIM, na época o equivalente a cerca de 6 por cento do capital da companhia.

Em outubro, a JVCO anunciou ter acionado a Justiça do Rio de Janeiro pedindo indenização com base em uma postura que alegava ser de abuso de poder por parte da Telecom Italia, que teria causado prejuízos à companhia brasileira e a seus acionistas.
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar