Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

DONA DA MARCA IPHONE NO BRASIL, GRADIENTE VIRA PIADA INTERNACIONAL

19/12/2012

A imprensa internacional repercutiu com ironia a volta da Gradiente ao mercado. O site Engadget afirma no título da matéria que os advogados não terão folga no Natal, pois é bastante provável que a Appleprocesse a fabricante brasileira pelo uso do nome "iphone" em seus novos smartphones.

O 
Cult Of Mac, por sua vez, afirmou que não somente os chineses estão se aproveitando da marca da Apple. "Agora, porém, os brasileiros parecem estar entrando em ação, como uma fabricante de produtos eletrônicos com sede no Brasil que está planejando o lançamento de uma nova linha de smartphones Android chamados de iPhones. Sim, é verdade", satiriza o site.

Ambas relatam que a fabricante brasileira entrou com o pedido de registro do nome do aparelho no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Intelectual) em 2000 e recebeu o direito de usá-lo em 2008. 

No entanto, o Engadget afirma erroneamente que o iPhone começou a ser vendido no Brasil em 2007, antes da Gradiente. Na verdade, a empresa da maçã comercializou oficialmente seu primeiro smartphone no país apenas em
setembro de 2008, na versão 3G. O primeiro modelo do aparelho nunca foi oficialmente vendido no Brasil.

Batalha no México

Em novembro deste ano, a Apple perdeu uma batalha legal contra uma empresa de telecomunicações do México, chamada Ifone, devido à semelhança dos nomes. 

A Apple foi proibida de vender aparelhos com a marca iPhone no país, além de ter de pagar uma indenização para a empresa local.
 
A mexicana afirma operar desde 2003 com o nome Ifone para comercializar sistemas e serviços de comunicação, enquanto a Apple introduziu o iPhone no mercado mexicano em 2007.
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar