Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ATIVISTA DO SOFTWARE LIVRE DIZ QUE UBUNTU CONTÉM SPYWARE

11/12/2012

O Ubuntu ganhou um crítico de respeito. O criador da Free Software Foundation e fundador do movimento do software livre Richard Stallman decidiu se posicionar contra a última versão da distribuição mais popular do Linux, que afirmou conter um spyware.

O ativista fez uma longa e pesada crítica à Canonical, empresa que desenvolve o Ubuntu, em post no blog de sua fundação. Nele, acusa a empresa de espionar seus usuários para oferecer paineis de publicidade quando o usuário faz uma pesquisa.

"O Ubuntu usa essas informações sobre pesquisas para mostrar publicidades para comprar várias coisas da Amazon", explica Stallman no post. Segundo ele, o sistema operacional da Canonical repete um recurso do Windows, que também monitoraria buscas dos usuários.

Ele aponta que os anúncios não são o principal problema. "A questão é a espionagem. A Canonical diz que não passa à Amazon quem procurou o quê. Entretanto, é tão ruim a Canonical coletar suas informações pessoais quando a Amazon coletá-las", afirma.

A FSF não tem uma boa relação com a Canonical e o Ubuntu. A organização afirma que esta distribuição do Linux não é livre e restringe alguns dos direitos dos usuários. Mark Shuttleworth, fundador da Canonical, afirmou que as declarações de Stallman são apenas uma tática para denegrir a imagem da empresa.
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar