Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

KIM DOTCOM GANHA BATALHA JURÍDICA E PODE PROCESSAR ESPIÕES

07/12/2012

 

Com este veredito, Dotcom ganha um grande trunfo nesta ´guerra´, informa o The Guardian. Ele poderá entrar na justiça pedindo reparação pelos danos sofridos após o Agência de Segurança de Comunicações do Governo (GCSB em inglês) da Nova Zelândia pela invasão em sua casa em janeiro deste ano.

Com a decisão, os advogados de Dotcom podem acessar os arquivos de vigilância em sua casa registrados pelo GCSB. O juiz afirma que o monitoramento das atividades do empresário foram irregulares porque ignoraram o fato de, apesar de ele ter nascido na Alemanha, ele estava instalado legalmente na Nova Zelândia.

A operação contra Dotcom foi orquestrada em parceria com o FBI, dos Estados Unidos. O país, inclusive, luta para que o alemão seja extraditado para seu território para ser julgado pelas acusações de fraude, lavagem de dinheiro e quebra de direitos autorais com o Megaupload.

Dotcom se pronunciou no Twitter sobre a vitória e promete levar o caso à justiça. "Vamos ver o envolvimento dos Estados Unidos na espionagem ilegal do GCSB sobre residentes da Nova Zelândia. A verdade aparecerá na justiça", disse em seu perfil.

O primeiro-ministro da Nova Zelândia Joh Key já havia sido forçado a pedir desculpas públicas pela espionagem ilegal e pedido a divulgação dos documentos.
O criador do Megaupload, Kim Dotcom, venceu uma importante batalha jurídica. Um tribunal neozelandês decidiu que as autoridades do país deverão divulgar informações sobre a a espionagem ilegal que o empresário teria sofrido.
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar