Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

BRASIL VAI INVESTIR R$ 110 MILHÕES EM NANOTECNOLOGIA

30/11/2012

 

Cerca de R$ 80 milhões serão direcionados às áreas específicas de interesse do Plano Brasil Maior, do governo federal, e da Estratégia Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação.

O apoio será dado especialmente a laboratórios das unidades de pesquisa do MCTI e departamentos de pesquisa de universidades que integram o Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias (SisNANO).

Os R$ 30 milhões restantes serão destinados à subsídio econômico para inovação nas empresas, por meio da Agência Brasileira da Inovação.

A nanotecnologia está sendo utilizada para criar novos materiais, produtos e processos por meio da manipulação de átomos e moléculas. O mercado total de produtos que incorporam nanotecnologias (incluindo semicondutores e eletrônicos) atingiu U$ 135 bilhões em 2007, devendo alcançar US$ 693 bilhões até o final de 2012 e cerca de US$ 2,95 trilhões em 2015.

Cenário atual

O Brasil tem avançado no que se refere a publicações científicas, avaliou o representante. Ele também destacou as novas perspectivas de desenvolvimento científico e tecnológico do País, a partir da criação, no ano passado, do programa federal Ciência sem Fronteiras, que concede bolsas a estudantes e pesquisadores brasileiros nas melhores instituições de ensino do mundo.

Para o representante do MCTI, Adalberto Frazzio, aproximar a academia do setor produtivo é um dos grandes desafios da inovação. “Do ponto de vista acadêmico, estamos muito bem, e esse conhecimento começa a ser incorporado pelas empresas. No Brasil, cerca de 130 delas atuam em pesquisa e desenvolvimento”, concluiu.


O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação anunciou nesta quinta-feira, 29, em Brasília, mais um investimento setorial. De acordo com o site oficial do governo federal, o MCTI irá investir R$ 110 milhões, em três anos, na área de nanotecnologia.
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar