Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

WINDOWS 8 NÃO ESTÁ IMPULSIONANDO VENDAS DE PCS, DIZEM FABRICANTES

21/11/2012

Fabricantes e varejistas de informática reduziram suas expectativas de vendas do Windows 8 este ano, disse um analista.

Brian White, da Topeka Capital Markets, disse que os pedidos para as fabricantes asiáticas de computadores - empresas relativamente desconhecidas que fabricam PCs desktop e notebooks com as especificações emitidas por marcas como HP e Dell - subiram no mês passado menos de metade da média dos últimos sete anos.

"Com todos os números de vendas em nosso Barômetro OEM, as vendas de outubro cresceram 2% no mês a mês, abaixo da média de desempenho de até 5% nos últimos sete anos", disse White. "Isso é mais fraco do que nossa estimativa preliminar de até 5%, e reflete os desafios contínuos no mercado de PCs."

O Barômetro OEM ("fabricante do dispositivo original") - é uma métrica de vendas das empresas asiáticas que montam PCs para os vendedores de marca. Ele não mostra as vendas de PCs para os consumidores, mas aponta para os pedidos de produção que as grandes marcas fizeram.

O índice para outubro também caiu na comparação ano-a-ano, repetindo uma queda menos substancial em setembro, disse White.

"O ciclo de vendas desacelerou ainda mais, para abaixo de 13% ano-a-ano em outubro, contra queda de 9% em setembro", escreveu ele. "Essa fraqueza é incomum, uma vez que os PCs com Windows 8 e novos Ultrabooks estão chegando."

Vendedores de PCs tinham esperança de que o lançamento do Windows 8 faria as vendas decolarem. Mas elas primeiro ficarem estáveis, depois caíram, Isso se deve à crise econômica e à concorrência acirrada de smartphones e tablets pelo dinheiro dos clientes.

Sua conclusão: "A fraqueza macroeconômica está pesando sobre a demanda de PCs, e a onda de novos tablets está levando os fabricantes de PCs a serem mais conservadores", disse.

O resultado: "O início do Windows 8 é muito mais lento do que o esperado há alguns meses, em parte devido a essas e outras questões", disse White.

As vendas dos OEM - novamente, um prenúncio de pedidos feitos por vendedores para entregas futuras - este ano também são fracas quando comparadas com os meses que antecederam o lançamento do Windows 7 em 2009.
 
 
 
Fonte: IdgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar