Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

KIM DOTCOM QUER OFERECER INTERNET GRÁTIS NA NOVA ZELÂNDIA

06/11/2012

O fundador do Megaupload, conhecido como Kim Dotcom, está armando mais um plano a favor da internet livre, segundo o jornal britânico Guardian.

O criador do site de armazenamento quer fornecer internet grátis para moradores da Nova Zelândia, país em que mora atualmente, pagando as despesas com o dinheiro que ele pode ganhar nos processos movidos contra os estúdios de Hollywood e o governo dos Estados Unidos.

"Com seu próprio cabo, energia barata e conectividade, a Nova Zelândia poderia atrair negócios internacionais de internet", declarou o fundador do Megaupload.

A ideia de Dotcom já ganhou apoio de Paul Brislen, responsável da associação de usuários de telecomunicações da Nova Zelândia, e de Clare Curran, do parlamento neozelandês.

Novo site

Enquanto aguarda a audiência que decidirá sobre sua extradição para os Estados Unidos, marcada para março de 2013, Dotcom também tem trabalhado na nova versão do Megaupload, rebatizada de "Mega". O serviço de armazenamento foi colocado no ar na ultima quarta-feira, 31, sob o domínio me.ga.

Ao acessar o me.ga, o internauta é redirecionado para uma sub-página dentro do site pessoal de Dotcom, já que o Mega só iniciará operações em 19 de janeiro, quando completa um ano desde que o Megaupload foi tirado do ar.

O novo site promete ser "maior, melhor, mais rápido, mais forte e seguro". Há um campo para que internautas possam informar os e-mails e, assim, ficar sabendo das atualizações. Saiba mais aqui.

Em entrevista à Reuters, ele garantiu que o produto não será hospedado por servidores norte-americanos e que foram feitas mudanças operacionais para evitar outro desligamento.  

 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar