Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ITORPEDOS: MERCADO DE TELEFONIA CELULAR CONTINUA COM FREIO PUXADO

19/10/2012

♦ DESACELERADO - O mês de setembro foi pior que o de agosto para o mercado de telefonia celular no Brasil. As operadoras voltaram a registrar menos de 1 milhão de novas habilitações, situação só registrada este ano no mês de julho, quando a Anatel proibiu a Claro, a Oi e a Tim de venderem e ativarem novas linhas em estados onde lideravam as queixas dos consumidores quanto à qualidade na prestação do serviço. Até então, a taxa média de crescimento mensal em 2012 era de 2,2 milhões de novas habilitações. Em julho foram registradas 279,72 mil novas habilitações; em agosto, 1,49 milhão e em setembro, 959,86 mil.

Os terminais 3G continuaram registrando avanço acima do desempenho do setor, encerrando setembro com 57,28 milhões de acessos, alta de 2 % sobre agosto. E só a Vivo e a Oi aumentaram levemente a participação de mercado. O país encerrou setembro com 258,86 milhões de linhas celulares ativas, sendo 210,17 milhões pré-pagas ( 81,19%) e 48,69 milhões pós-pagas.

♦ COADJUVANTES  – Já faz algum tempo que o Brasil deixou de ter a maior audiência de vídeo online na América Latina. No próximo dia 24, quando a comScore anunciar detalhes do Video Medrix de agosto de 2012, veremos Argentina, Chile e México serem destacados pela empresa. Os internautas do México geraram a maior média tempo de visualização por espectador, com 14 horas. A Argentina, por sua vez, registrou o maior alcance: 96% dos internautas assistiram a vídeos em agosto, contra 92% do Chile, 84% do Brasil e 81% do México. E o Chile teve a maior taxa de engajamento de vídeo online com uma média de 171 vídeos assistidos por espectador (até 39%), seguido pelo México (154,7 vídeos por espectador), Brasil (125,4 vídeos por espectador) e Argentina (117,2 vídeos por espectador). Em 2010/2011, o Brasil liderava a maior parte deste indicadores mês a mês.

♦ MEDIANOS – O Brasil ocupa apenas o 93.º lugar em um ranking de 161 países elaborada pela UIT em relação ao custo das telecomunicações. Vale ver o estudo completo. Em compensação, é o quarto mercado mais lucrativo, perdendo somente para os Estados Unidos, Japão e China, mesmo com toda a carga de impostos que transforma nossos serviços nos mais caros dentre esses países, segundo argumentam as operadoras.

Screen Shot 2012-10-18 at 3.01.09 PM

♦ CONCENTRADOS  – O Instituto Poynter divulga nessa sexta-feira, 19 de outubro, às 9h CST ( 14h de Brasília, via streaming), os resultados do estudo “EyeTrack: Tablet” que mapeou o comportamento dos leitores de notícias nos dispositivos. Primeiro os usuários, divididos em dois grupos de diferentes faixas etárias (18 a 28 anos, considerados nativos digitais e de 45 a 55 anos, chamados de “printnets” referindo-se a um pé no mundo da impressão e outro na Internet), foram observados lendo publicações já disponíveis nos tbalets. Depois,intaragiram com 3 protótipos criados pelos pesquisadores: o tradicional, usado via browser; o carrossel; e o flipboard, mais rico em imagens. Metade dos 36 leitores preferiram o projeto carrossel que tinha uma entrevista na primeira página, enquanto 35% preferiram o protótipo tradicional e só 15% o flipboard. Em média, 18 dos 20 textos disponíveis foram lidos. Como na Web, as imagens são a primeira coisa que os leitores olham na tela. Ah! E a maioria dos leitores disse preferir a navegação lateral para navegar na publicação.

prototypes-for-story1

♦ REINVENTADO – A versão 3.0 do APP CardMunch, do Linkedin, redefine o conceito de cartão de visitas, associando os contados ao perfil deles na rede social permitindo obter detalhes como experiência profissional, funções desempenhadas, habilitações e contatos em comum. Por enquanto o CardMunch é gratuito e está disponível apenas na APP Store americana. Uma versão para dispositivos Android está prometida para breve.

 
 
 
 
Fonte: IdgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar