Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA NOTIFICA VIVO SOBRE SERVIÇO QUE VENDE DADOS DE CLIENTES

18/10/2012

O Ministério da Justiça notificou nesta quinta-feira, 18, a Telefonica | Vivo a se explicar sobre um novo serviço de rastreamento de dados. O pedido é referente a um produto que comercializaria informações sobre o comportamento dos usuários dos serviços de telefonia móvel da empresa, que terá dez dias para esclarecer os pontos questionados pelo Ministério.

A notificação partiu do DPDC (Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor), que afirma que o aplicativo Smart Steps ("passos inteligentes") coleta dados sobre o comportamento e consumo dos usuários e os repassará a varejistas e órgãos públicos. Desta forma, eles poderiam estudar os hábitos dos consumidores para melhorarem seus serviços.

O produto ainda está em etapa de testes aqui no Brasil, mas tem previsão para entrar em funcionamento em novembro.

O questionamento leva em consideração se os consumidores de fato terão livre escolha em ter seus dados monitorados, além da segurança das informações envolvidas no processo e a transparência.
 
Em nota divulgada à imprensa, a empresa se prontificou a atender às solicitações do Ministério. Segundo a Telefonica | Vivo, o serviço pretende "apresentar estimativas de fluxos populacionais inferidas por meio das informações consolidadas" e só utilizarará informações "expressamente autorizadas pelos clientes". Além disso, a entidade ainda diz que "os dados serão trabalhados de forma consolidada, não havendo qualquer individualização das informações ou possibilidade de rastreamento dos usuários".

 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar