Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

RAZR I É O PRIMEIRO SMARTPHONE COM CHIP INTEL DO BRASIL

15/10/2012

Não faz muito tempo a Motorola anunciou também a chegada do Razr HD ao Brasil, o primeiro smartphone da empresa compatível com as futuras redes 4G do País. Mas o Razr i é diferente: ele tem especificações técnicas mais modestas e a principal diferença em relação a outros aparelhos é o processador da Intel.

A primeira surpresa ao pegar o Razr i na mão está no peso: ele é bastante leve, com apenas 126 gramas. Ele tem mais ou menos o tamanho de um iPhone 5, mas a tela é maior (4,3 polegadas) e não existe nenhum botão físico na parte frontal: apenas a tela, uma câmera e os botões em led na parte inferior ao display.

Seu peso baixo e a espessura de 8,3 milímetros fazem do celular praticamente imperceptível quando guardado no bolso. Ele tem acabamento em alumínio que promete ser bastante resistente a riscos.
O diferencial entre este e outros smartphones está na parte de dentro dele: é o processador da Intel. Ele tem 2 GHz e apenas um núcleo, mas é bastante rápido - uma boa forma de conferir isso é ao abrir diversos apps e mudar de um para outro com bastante facilidade e velocidade. Ele também tem 1GB de RAM.

A tela tem a tecnologia Super Amoled e Gorilla Glass - isso significa que a qualidade da imagem é excelente e ela ainda é bastante resistente a arranhões. Com 4,3 polegadas, a resolução dela é de 540x960 pixels com bastante qualidade.

Outros aspectos técnicos incluem a bateria de 2.000mAh, que, de acordo com a Motorola, funciona por até 20 horas de uso pesado - durante os testes exigimos bastante do celular e mesmo assim a bateria durou bastante.

O armazenamento interno é de 5GB e pode ser expandido com cartões de memória microSD que não acompanham o celular. Ele também tem tecnologia NFC e o sistema Android Beam para transferir arquivos entre dispositivos que usam o sistema do Google.

A câmera traseira tem 8 megapixels, zoom digital, foco automático e flash em LED, além da capacidade de gravar vídeos em FullHD. Ela consegue tirar até 10 fotos por segundo com bastante qualidade e não fica atrás de concorrentes do mercado. Para acessá-la é bastante simples: um dos botões na lateral do smartphone serve exatamente para acionar e tirar fotos com a câmera.

Software

A Motorola já libera o smartphone com o Ice Cream Sandwich (Android 4.0) de fábrica, com a promessa de atualização para o Jelly Bean entre o fim desde ano e o começo de 2013.

O sistema do Google roda muito bem no Razr i. O dispositivo consegue aproveitar bem os recursos do Android apoiado em seu processador bastante veloz. Diversos apps ficam abertos sem muita perda de desempenho e é fácil mudar entre um e o outro.

A fabricante colocou um pouco da sua marca no Ice Cream Sandwich que o Razr i roda, mas nada muito intrusivo - o Android está excelente no dispositivo.

 

Conclusão

Com um hardware bastante potente, um processador veloz, o Razr i é uma excelente opção para quem quer um smartphone intermediário. Ele não chega a ser um iPhone 5, nem um Galaxy S III, nem mesmo um Razr HD, mas se mostra uma boa escolha para quem quer um Android potente e a um bom preço.

Ele custa R$ 1,3 mil, segundo sugestão da Motorola, mas é possível conseguir descontos de acordo com o seu plano na sua operadora.
A Intel anunciou no começo do ano sua nova linha de processadores para smartphones, e o primeiro dispositivo equipado com o Atom acaba de chegar ao Brasil: é o Motorola Razr i.
 
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar