Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ROUBO DE PRODUTOS APPLE DISPARA EM NY E AFETA NÚMEROS DO CRIME

03/10/2012

O roubo nas ruas ou no metrô de Nova York de produtos da Apple, como iPhone ou iPad, disparou 40% no decorrer do ano na comparação com o mesmo período de 2011, o que afetou os dados sobre o crime na cidade, anunciou o chefe de polícia da cidade.

"Nos primeiros nove meses do ano aconteceram 11,4 mil incidentes nos quais foram roubados produtos Apple, um aumento de mais de 3.280 ou 40% na comparação com o mesmo período do ano passado", afirmou o comissário de polícia de Nova York, Raymond Kelly.

"Uma análise recente que fizemos mostrou que o aumento nos roubos de produtos Apple este ano superou o aumento do crime em seu conjunto na cidade de Nova York", disse Kelly em um discurso na Associação Internacional de Chefes de Polícia em San Diego (Califórnia).

Como o crescimento total do crime em Nova York foi de 4%, Kelly afirmou que "sem os roubos de produtos da Apple, estaríamos vendo um declínio dos números".

Kelly apresentou números impactantes sobre a atração provocada pelos produtos da marca entre os criminosos.

"Como o impacto na economia, a atração dos produtos da Apple tem afetado a taxa de criminalidade na cidade Nova York. E de maneira surpreendente. Em 2002, registramos um total de 86 roubos de produtos Apple em toda a cidade. No ano passado o número foi de 13,2 mil", afirmou.

Segundo o chefe da polícia de NY, os roubos de telefones e tablets da Apple envolvem adolescentes e acontecem, geralmente, no metrô, no caminho de casa para a escola.

Para enfrentar o problema, a polícia aplicou no lançamento do iPhone 5 uma operação com oficiais visitando 21 lojas da Apple para registrar os números de series dos produtos vendidos e contatos dos compradores para utilizar no caso de roubos.

A estratégia policial inclui mais oficiais no metrô e a recomendação aos donos de produtos Apple para que ativem aplicativos que permitem encontrar o telefone.
 
 
 
 
Fonte: Folha 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar