Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

KODAK DESISTE DO NEGÓCIO DE IMPRESSORAS JATO DE TINTA

01/10/2012

A Kodak revelou que planeja parar de vender impressoras jato de tinta a partir de 2013, em um movimento para sair do segmento dos consumidores domésticos e direcionar seu foco para a impressão comercial.

A companhia, que já deixou o mercado de câmeras digitais, prevê gastar US$90 milhões para encerrar o negócio. Ela assegura, porém, que vai continuar vendendo cartuchos para as impressoras já vendidas.

 

Embora a Kodak esteja em crise, o mercado de impressoras domésticas em geral tem perdido força. A Lexmark, por exemplo, anunciou no mês passado que também vai deixar de fabricar os modelos jatos de tinta e vai passar a se dedicar aos negócios mais rentáveis de imagens e softwares.

A Kodak,
que ainda tenta sair do estado de falência, anunciou ainda neste mês que vai cortar mais mil postos de trabalho até o final do ano. Além desses, conforme a Fox Business, a empresa agora diz que espera demitir mais 200 funcionários. No total, só neste ano, a firma reduziu sua força de trabalho em 2,7 mil pessoas.

A companhia afirmou que continua tentando vender suas patentes, que valem algo entre US$2,2 bilhões e US$2,6 bilhões. Porém, até agora, a Kodak recebeu apenas propostas abaixo de US$500 milhões, o que a fez
considerar a possibilidade de desistir da ideia.
 
 
 
Fonte: Adrenaline

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar