Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

FUNCIONÁRIO DE MARISSA MAYER PODE GANHAR ATÉ US$ 4,5 MI POR ANO

27/09/2012

O novo vice-presidente financeiro do Yahoo, Ken Goldman, nomeado nesta terça-feira, 26, receberá até US$ 18 milhões em salários, bônus, ações restritas e opções de ações nos próximos quatro anos, segundo informações da Reuters.

Goldman vai substituir Tim Morse e responderá diretamente à presidente-executiva da companhia, Marissa Mayer. De acordo com o Daily News, o executivo tem 63 anos e ocupa há 30 anos cargos de liderança no departamento financeiro de diversas empresas, como a Fortinet e Siebel Systems - comprada pela Oracle.

"O Yahoo é uma marca icônica e possui um modelo de negócio incrivelmente forte e equilibrado", disse Goldman em um comunicado. "Eu acredito que há um diversps caminhos à frente desse negócio, e estou ansioso para trabalhar com a Marissa e o resto da equipe para definir futuro do Yahoo", finalizou.
O novo vice-presidente financeiro receberá US$ 1,1 milhão de dólares em salário e bônus, além de units (avaliadas em cerca de US$ 1,2 milhões) opções com base na performance de ações, que podem valer até US$ 12 milhões no período.

O Yahoo! informou que Goldman também terá 76 mil units restritas como forma de compensar as perdas decorrentes da saída do cargo que ocupava na empresa de software de segurança Fortinet.

Marissa Mayer 

A nova CEO do Yahoo! ganhará inicialmente US$ 1 milhão por mês para comandar a companhia, isso sem contar o que ela pode receber de bônus caso consiga reconduzir o Yahoo! ao crescimento.

A carta de contratação da antiga executiva do Google mostra que, se o Yahoo! cumprir os resultados esperados, ela receberá um bônus equivalente a 200% do seu salário - ou seja, ela pode ganhar mais US$ 2 milhões no natal, segundo a Cnet.

Mayer ainda pode ganhar até US$ 60 milhões nos próximos cinco anos - isso sem contar o que ela pode levar de bônus. 

Ao ser contratada, a executiva ganhou US$ 12 milhões em ações, além de um outro valor que foi dado a ela por ter abdicado de ações que tinha do Google.

Marissa Mayer ficou 13 anos no Google e deixou a empresa em julho para assumir o comando do Yahoo!, que estava sem CEO desde maio, quando Scott Thompson foi demitido por mentir em seu currículo.

 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar