Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

TOSHIBA QUER REDUZIR PREÇOS DE ULTRABOOKS COM NOVOS DISCOS HÍBRIDOS

27/09/2012

A Toshiba disse nesta terça-feira que irá iniciar em breve a produção em massa de uma nova linha de discos híbridos que combinam um HD tradicional com memória flash, apresentando-os como um substituto de baixo custo para as unidades de estado sólido (SSD) usadas em Ultrabooks e notebooks.

Discos híbridos são vistos como uma forma de conseguir desempenho similar aos SSDs com custos menores, mas sua adoção é lenta. Mas com os fabricantes ansiosos por reduzir os preços dos Ultrabooks, eles finalmente podem ter sucesso. De acordo com estimativas de mercado, o SSD é responsável por 25% do preço total destes aparelhos.

“Nosso principal alvo é o mercado de notebooks. Muitos usuários estão migrando para os tablets e para trazê-los de volta aos notebooks a capacidade de inicialização rápida é muito importante”, disse Atsushi Ido, um porta-voz da companhia. “Venderemos os híbridos por um preço similar ao dos discos comuns”.

A Toshiba diz que os novos discos podem reduzir o tempo de boot em até 40% em comparação a um HD comum. O preço dos novos discos, que serão vendidos diretamente aos fabricantes, não foi anunciado, mas Ido disse que será menos do que o dobro do preço de um HD comum, fornecendo os mesmos benefícios dos SSDs, que custam tipicamente cerca de 10 vezes o preço de um HD.

Discos híbridos são projetados para armazenar itens usados frequentemente, como arquivos pertencentes ao sistema operacional, em memória flash para reduzir o tempo de acesso, e armazenar a maioria dos dados restantes em um HD convencional, o que reduz o custo.

Os discos de 2.5 polegadas tem 9,5 mm de espessura, o que torna esta primeira geração inadequada para os Ultrabooks. Mas Ido afirma que no início do próximo ano a empresa irá lançar uma nova versão dos discos com espessura de 7 mm, feitos sob medida para os ultraportáteis.

A empresa disse que já começou a entregar amostras de dois discos híbridos, com capacidade de 750 GB e 1 TB. A produção em massa deve começar em Outubro, com uma meta de 3 milhões de unidades até o fim do ano fiscal que se encerra em Março de 2014.

A Seagate, rival da Toshiba, atualmente vende um disco híbrido de 750 GB que pode ser adquirido online por cerca de US$ 130, mesma faixa de preço de um SSD de 120 GB, que tem apenas 16% da capacidade do HD.

O novo disco híbrido da Toshiba terá 8 GB de memória Flash, suficiente para armazenar o sistema operacional e arquivos frequentemente acessados. Software integrado decide automaticamente quais dados serão armazenados na memória Flash, sobre a qual o usuário não tem controle.

“O disco observa e aprende os hábitos do usuário” para saber como alocar o espaço, diz Ido.

A empresa japonesa é a terceira maior fabricante de discos rígidos no mundo, com 13% de participação no mercado, atrás da Seagate, com 42% e da Western Digital, com 45%, de acordo com dados de agosto divulgados pela empresa IHS iSupply.

A Toshiba também é a segunda maior fabricante de memória Flash NAND, com cerca de um terço do mercado, atrás da líder Samsung Electronics.

 
 
 
 
Fonte: PcWorld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar