Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

APPLE PEDE INDENIZAÇÃO MAIOR; SAMSUNG QUER NOVO JULGAMENTO

24/09/2012

O grupo de informática americano Apple quer receber mais de 700 milhões de dólares adicionais por perdas e danos, após a decisão de um juiz californiano que lhe concedeu um ressarcimento de US$ 1 bilhão da Samsung, enquanto a empresa sul-coreana, sua concorrente, exige um novo julgamento.

Em um documento apresentado a um tribunal da Califórnia (oeste dos Estados Unidos) na tarde desta sexta-feira, a "Apple pede uma emenda ao veredicto existente para aumentar (a indenização por) perdas e danos em 707 milhões de dólares", ao considerar que os que o valor concedido não cobre suficiententemente as violações da fabricante sul-coreana a suas patentes de design.

A Apple quer que o ressarcimento cubra "todos os produtos contraventores", prosseguiu o documento.

Em outro texto, a sul-coreana destacou que "as condições oferecidas pelo tribunal para o calendário do julgamento, as testemunhas e as provas não tinham precedentes para um litígio de patentes desta complexidade e magnitude e impediram à Samsung apresentar um expediente completo e equitativo em resposta às numerosas acusações da Apple".

"A Samsung pede, por fim e com respeito ao tribunal, um novo julgamento com um prazo adequado (para sua preparação) e um tratamento equitativo para as partes", acrescentou.

Apple e Samsung se acusam mutuamente de violação de patentes nos tribunais de una dezena de países, com resultados díspares até agora.

A Apple conquistou uma vitória importante em agosto nos Estados Unidos, com a decisão de uma corte californiana (oeste) que condenou a Samsung a pagar uma multa para a Apple de mais de US$ 1 bilhão.

Mas o grupo americano entrou com uma ação similar em um tribunal japonês, que rejeitou a demanda da Apple.

Tudo indica que a batalha judicial se estenderá: a Samsung anunciou na sexta-feira, dia em que a Apple lançou seu último modelo de celular inteligente, o iPhone 5, que previa incluí-lo na ação por violação de patente, embora não tenha informado quando.

"Tomaremos nossa decisão depois que a companhia tiver analisado o iPhone 5 para ver quais aspectos deste modelo constituem uma violação de patente", disse um porta-voz da empresa à AFP.
 
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar