Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

NOVA TECNOLOGIA WIRELESS DA INTEL PERMITIRÁ TRANSMISSÃO DE DADOS A 7 GBPS

21/09/2012

 

 
A Intel demonstrou uma nova tecnologia wireless que proporciona velocidades transmissão de até 7 Gbps, 10 vezes mais rápida que a de redes Wi-Fi com base no padrão 802.11n.
A fabricante de chips apresentou a tecnologia Wireless Gigabit (WiGig) utilizando um ultrabook. A empresa disse a WiGig está a caminho de se tornar a mais importante tecnologia wireless multi-gigabit da próxima geração.
O CTO da Intel, Justin Rattner, disse que vai chegar um dia em que um ultrabook ou tablet poderão ser colocados sobre uma mesa em qualquer lugar e estarão conectados automaticamente a um monitor e periféricos.
"Olhando para o futuro, toda a computação irá se tornar sem fio, com uma demanda cada vez maior por uma comunicação wireless rápida", disse Rattner, em um comunicado. "Estou animado com o que eu vi da tecnologia WiGig até agora - não só a sua capacidade de transmissão, mas também a flexibilidade da tecnologia para uma ampla gama de aplicações."
A Intel demonstrou a WiGig, combinada com camadas de protocolo avançados de adaptação (PAL) desenvolvidos para PC e aplicativos móveis.
 

 

 
A tecnologia opera em uma frequência não-licenciada de 60GHz, maior que as frequências de 2,4 GHz e 5GHz usadas por produtos Wi-Fi existentes. Isso permite que canais mais amplos que suportam velocidades de transmissão mais altas.
A especificação WiGig é baseada no padrão IEEE 802.11, que é o núcleo de centenas de milhões de produtos Wi-Fi em uso em todo o mundo, de acordo com a Wireless Gigabit Alliance - organização responsável pelos padrões Wi-Fi existentes. A organização afirmou que essa especificação inclui suporte nativo para frequências de mais de 60GHz, e novos dispositivos com rádios tri-band que serão capazes de se integrar sem problemas a redes Wi-Fi de 2.4GHz e 5GHz.
Segundo o presidente da WiGig Alliance, Ali Sadri, a especificação também suporta implementações sem fio de interfaces HDMI e DisplayPort, bem como a proteção de conteúdo digital de banda larga (HDCP) - esquema usado para proteger contra cópia vídeo e áudio digital transmitido nessas interfaces.
A WiGig, por exemplo, permite a conectividade sem fio usando HDMI, de modo que laptops podem um dia ser capazes de se conectar a televisores e transmitir vídeos. "Dentro dos próximos anos, acredito que as pessoas não saberão como puderam ficar tanto tempo sem essa tecnologia", disse Sadri. "Ela está quase pronta, e com chips de várias empresas associadas em produção e certificação pronta para meados de 2013, espero uma verdadeira explosão no número de dispositivos WiGig chegando ao mercado em breve."
 
 
 
Fonte: PcWorld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar