Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ASUS GEFORCE GTX 660 DIRECTCU II TOP

14/09/2012

Uma placa de muito interesse para vários dos gamers em PCs, a NVIDIA GeForce GTX 660 completa, junto com a GTX 660Ti, o segmento intermediário da linha de alto desempenho da NVIDIA. Este segmento é importante, pois é onde muitos jogadores encontram a melhor opção para montar seu computador para games.


Assim como a GTX 660Ti, que chegou com preço de US$ 299 (quase 100 dólares abaixo da 670), a GTX 660 chega ao mercado com a virtude de trazer muitas das melhores tecnologias da Nvidia pelo preço competitivo de US$ 229. 


Apesar de ser parte integrante das GeForces intermediárias de alto desempenho, a GTX 660 não herda o mesmo chip gráfico de sua ?irmã maior?. Enquanto a variante Ti é baseada no GK104 (GTX 670/680), o modelo ?não Ti? (mais conhecida na comunidade como vanilla) tem, em seu ?cérebro?, o GK106. Aliás, trata-se da primeira VGA equipada com esta GPU. Todos os detalhes do chip serão abordados na seção seguinte.

Assim como ocorreu com as GTX 680, GTX 670 e GTX 660Ti, a NVIDIA deu um grande salto no número de CUDA cores nesta placa. São 960 contra os 336 que equipam a GTX 560. Outro ganho foi a frequência de operação, que subiu para 980 MHz, contra os 810MHz da geração anterior, lembrando que a placa pode chegar a 1033MHz com o GPU Boost. Na placa da ASUS analisada nesta review, a GTX 660 DirectCU II TOP, o ganho é ainda maior, operando em 1072 MHz e chegando a 1137 Mhz.

Além destas melhorias nas especificações, a placa conta com os demais atributos da nova geração Kepler. É o caso do já mencionado GPU Boost (que turbina dinamicamente os clocks da placa), dos filtros proprietários FXAA (Fast Approximate Anti-Aliasing) e TXAA (Temporal Anti-aliasing), além do recurso adaptive VSync (sincronismo vertical adaptativo) e do 3D Vision Surround.

Juntamente com as tecnologias da própria NVIDIA, a ASUS também traz uma série de melhorias em suas placas da linha DirectCU II TOP, ganhando ainda mais performance através de clocks de operação mais altos, sistema de resfriamento mais eficiente e menos barulhento, e o uso de componentes de qualidade mais alta, buscando dar maior estabilidade ao produto mesmo em condições adversas como o overclock.

No decorrer desta análise, você vai conferir o comportamento da GeForce GTX 660 nos mais diversos testes aos quais foi submetida pela nossa equipe, descobrir o quanto a placa complementa a família GTX, e para quem ela pode ser o produto ideal em termos de custo e benefício.

Prós
  • Sistema de refrigeração DirectCU II eficiente e bastante silencioso;
  • Excelente acabamento;
  • Preço bastante competitivo para o segmento;
  • GPU e memória overclockadas de fábrica;
  • Desepenho próximo ao da GTX 660 Ti de referência em diversas situações;
  • Necessidade de apenas um conector de energia de 6 pinos;
  • Placa funciona com temperatura "baixa", mesmo overclockada.


Contras
  • TDP relativamente elevado se comparado com a GTX 660 Ti
 
 
 
 
 
 
Fonte: Adrenaline

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar