Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

FALHA NO SMS DO IPHONE PERMITE ENVIO DE FALSAS MENSAGENS DE TEXTO

21/08/2012

A segurança no iPhone é altamente dependente da habilidade da Apple em bloquear todos os aplicativos de terceiros antes de os usuários terem acesso a eles. Mas um hacker francês alega ter encontrado uma falha no serviço de mensagens de texto do smartphone que burla essa segurança.

O hacker, que se identifica como ?pod2g? e é mais conhecido por fazer jailbreak (?desbloqueio? para rodar aplicativos não liberados pela Apple) no iPhone, afirmou na sexta-feira, 17/8, que a vulnerabilidade poderia permitir que um criminoso envie uma mensagem fingindo representar um banco, empresa de cartão de crédito, ou outra fonte confiável.

Como a falha não envolve a execução de códigos, um invasor não precisa fazer o malware passar pela Apple, que aprova todos os aplicativos antes de eles serem vendidos na App Store, o único site legitimado pela empresa para o download de software para os aparelhos iOS.

Pod2g, que também afirma ser um pesquisador de segurança do iPhone, afirmou que a falha é ?grave? e afeta todas as versões atuais do iOS, além do beta 4 do ainda inédito iOS 6.

?Estou muito confiante de que outros pesquisadores de segurança já sabem sobre essa brecha, e temo que outros hackers também?, afirmou em um post no seu blog.

iMessage é seguro

Em resposta ao site Engadget, a Apple indicou que o seu serviço de mensagens iMessage é uma opção mais segura para os usuários iOS. 

?A Apple leva a segurança muito a sério. Quando estiver usando o iMessage em vez de SMS, os endereços são verificados, o que protege contra esses tipos de ataques com falsificações. Uma das limitações é que ele permite que as mensagens sejam enviadas com endereços falsos para qualquer telefone, por isso pedimos aos usuários que sejam muito cuidadosos se forem direcionados para um site ou endereço desconhecido via SMS.?
 
 
 
 
Fonte: IdgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar