Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

FRANÇA ANUNCIA REVISÃO DE LEI CONTRA DOWNLOADS PIRATAS

09/08/2012

A ministra francesa da pasta de Cultura afirmou que considera a chamada Lei Hadopi -  uma medida anti-pirataria criada pelo ex-presidente Nicolas Sarkozy e que propunha a desconexão de usuários infratores ? um tremendo desperdício de dinheiro dos contribuintes. 

A fala de Aurelie Filippetti, responsável dos assuntos culturais no governo socialista François Hollande, indica que a França não tem mais interesse político em seguir com a legislação repressora de direitos autorais.  

A Hadopi foi extensivamente criticada por ativistas ligados à internet livre em todo o mundo, principalmente porque propõe o modelo ´three strikes and you?re out´, que corta a internet do cidadão depois de três reincidências de downloads de arquivos protegidos por copyright.

Em entrevista ao Le Nouvel Observateur, Aurelie Filippetti afirmou que a implantação da Hadopi custa 12 milhões de euros por ano à França, ocupando 60 funcionários públicos.  De acordo com a representante política, a lei anti-downloads criaria uma "punição desproporcional" para a prática corriqueira do compartilhamento de arquivos.

Além disso, a lei teria sido extremamente malsucedida em culpar os usuários pela disseminação da pirataria online. Com cerca de 100 mil cartas oficiais enviadas, apenas 134 casos foram avaliados pela justiça e nenhum dos processos levou à desconexão forçada.

A Hadopi foi implantada em 2009 depois de um forte lobby da indústria do entretenimento. De acordo com Filipetti, a legislação será inteiramente revista, com as primeiras mudanças sendo anunciadas no final do mês de setembro.

 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar