Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

NVIDIA GEFORCE GTX 690

09/08/2012

Após um longo ?inverno? nos confins da alfândega brasileira, eis que finalmente chega um dos momentos mais esperado pelos hardgamers e entusiastas de plantão: a análise da badalada GeForce GTX 690.

Como todos devem saber, a placa ? baseada na nova geração Kepler da NVIDIA ? é composta de duas GPUs GK104 com todas as especificações "destravadas?, ou seja, uma legítima dual GTX 680.

A VGA é atualmente, de longe, a solução mais poderosa existente no mercado. Entretanto, como tudo na vida, há um preço a ser pago por isso, e no caso da GeForce GTX 690, um preço bastante salgado, reduzindo assim o seu mercado para alguns poucos felizardos capazes de pagar US$ 999 (ou até mais, dependendo da versão) pela ?Rainha das Placas 3D?.

Como era de se esperar, a NVIDIA ?recheou? a placa com muitos predicados. O primeiro deles, sem dúvidas, é a imensa quantidade de CUDA Cores (processadores gráficos, também conhecidos como Stream Processors ou Shader Cores). São nada mais, nada menos que 3.072 unidades de processamento, que junto com os 915Mhz de core clock (podendo chegar a 1.019Mhz via overclock dinâmico ? GPU Boost) e 4GB de memória com interface dupla de 256 bits @ 6Ghz, garantem poder suficiente para rodar o game mais poderoso do mercado em condições ?insanas?, sem ?chiar?.

Mantendo a filosofia da geração Kepler (velocidade e suavidade), a GTX 690 possui ainda novos filtros de aprimoramento de imagens - FXAA (Fast Approximate Anti-Aliasing) e TXAA (Temporal Anti-aliasing), além do recurso adptive VSync (sincronismo vertical adaptativo) e do 3D Vision Surround.

Apesar de contar com macro especificações de ?cair o queixo?, a placa incrivelmente mantém um ótimo nível de dissipação térmica (TDP) em 300W!

A seguir nossos leitores poderão conferir todos os detalhes por trás do belo trabalho da equipe de engenharia da NVIDIA.

Prós
  • Uma das placas de vídeo com melhor acabamento e mais bonitas que já passou pela redação;
  • Bom TDP para a categoria;
  • Roda com folga todos os games em condições extremas;
  • Recheada de recursos e tecnologias, como os filtros FXAA e TXAA, Adptive VSync, GPU Boost...;
  • Ótima possibilidade para overclock;
  • Consome menos e ocupa menos espaço que um SLI de 680
  • Ahhhh, ela é linda de mais, já falamos? :-)



 

Contras
  • A imensa quantidade extra de CUDA Cores em relação à GTX 590 não se traduziu em um expressivo ganho de performance;
  • Desempenho um pouco inferior ao SLI de 680 em certos casos;
  • Em um SLI de GTX 680 existe a possibilidade de comprar uma placa e depois a outra, além de vender uma delas e ainda ter o ótimo desempenho que uma GTX 680 oferece;
  • Preço de $999 dólares é proibitivo;

 
 
 
 
Fonte: Adrenaline

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar