Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PROJETO DURANGO (XBOX 720) COM CPU INTEL, 4GB DE RAM E GPU NVIDIA?!

31/07/2012

Um post divulgado mais cedo no fórum Assembler Games está causando o maior ?reboliço? em diversos portais de tecnologia pelos quatros cantos do mundo.

Um usuário com nick "DaE" colocou a venda no referido fórum, um kit de desenvolvimento do Durango (codinome do sucessor do Xbox 360 ? mais conhecido pelo nome extraoficial Xbox 720) pela bagatela de US$ 10 mil.

Pelas imagens, é possível ver o kit, que mais parece um gabinete tradicional de computador, além do monitor mostrando o debugador iniciando, no melhor estilo Matrix.

Intrigado com tais imagens, o pessoal do Digital Foundry foi atrás de outras fontes ligadas ao projeto, que teriam confirmado a veracidade das imagens.

Se tudo isso já não fosse por si só motivo de grande discussão e bastante controverso, o mais impressionante vem a seguir.

O tal DaE revelou que os kits de desenvolvimento (devkits) teriam sido despachados para alguns ?felizardos? em fevereiro. Cada kit seria composto de (pasmem) CPU Intel com oito núcleos de processamento e compatibilidade com as instruções AVX (Ivy Bridge?, Haswell?, versão especial do Atom?) arquitetura 64 bits, GPU GeForce e 8GB de memória RAM.

Levando em conta que os kits normalmente possuem o dobro de RAM que a versão final (uma vez que necessitam acomodar as ferramentas de debugging e outros subsistemas), o Durango poderia assim chegar com 4GB.

Trata-se de um conjunto de informações extremamente ?inusitadas? e de certa forma ?chocantes?, em virtude do atual hardware do Xbox 360, além do fato de tais especificações serem completamente diferentes dos rumores anteriores (APU AMD / CPU ARM e GPU AMD).

Como forma de tentar provar a autenticidade da informação, DaE revelou ainda uma imagem do Microsoft Visual Studio contendo alguns códigos de desenvolvimento do Durango.

A presença na tela do elemento "immintrin" sugere fortemente que o ambiente de codificação do Durango é construído em torno da arquitetura de CPU x86, suportando o conjunto de instruções AVX (Advanced Vector extensões) que foi adicionado no ano passado na revisão do Sandy Bridge.

Pelo visto, a confusão está lançada, restando-nos apenas a opção de aguardarmos pelas ?cenas dos próximos capítulos?.
 
 
 
Fonte: Adrenaline

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar