Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ANATEL ESTENDE EXIGÊNCIAS E COBRA METAS DE QUALIDADE NA TELEFONIA FIXA

23/07/2012

A Anatel liberou um despacho cautelar nesta sexta-feira (20/07) determinando que a concessionária de telefonia fixa Telefônica adote medidas para melhorar a qualidade dos seus serviços. O objetivo é reduzir em pelo menos 40% o número de interrupções do serviço no estado de São Paulo.

O documento, assinado pelo Superintendente de Serviços Públicos, Roberto Pinto Martins, também dá um prazo de cinco meses para que a empresa regularize o processo de ressarcimento de créditos aos usuários afetados pelas interrupções, independentemente de solicitação e da quantidade de assinantes atingidos.

A medida vale até 31 de julho de 2013. Durante esse período, a Telefônica precisa apresentar um relatório mensal à Anatel com as ações realizadas e os resultados alcançados. Caso a operadora descumpra as ordens, está sujeira a uma multa de R$20 milhões.

A Anatel, nesta semana, determinou que a partir da próxima segunda-feira (23/07), as operadoras de telefonia móvel Claro, Oi e TIM
ficarão impedidas de comercializar serviços a novos clientes em 27 estados brasileiros. A decisão foi motivada pela quantidade de reclamações sobre a qualidade dos serviços. Para voltar às suas atividades, as empresas precisam apresentar à agência um plano de melhorias para os próximos dois anos.
 
 
 
 
Fonte: Adrenaline

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar