Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

BRASIL SOBE QUATRO VEZES AO PÓDIO NA COPA DO MUNDO DA COMPUTAÇÃO DA MICROSOFT NA AUSTRÁLIA

11/07/2012

A Imagine Cup, conhecida como a Copa do Mundo da Computação da Microsoft, premiou nesta tarde, sete estudantes brasileiros das universidades Positivo (Curitiba-PR), Unicamp (Campinas-SP) e Poli (São Paulo-SP) com uma soma em dinheiro de 28 mil dólares.

Os jovens reconhecidos em cerimônia realizada na cidade de Sydney, na Austrália, criaram soluções tecnológicas para melhorar a educação e disseminar conceitos de sustentabilidade e cidadania, cumprindo o objetivo da competição que é o de resolver um dos maiores problemas da humanidade de acordo com as metas do milênio da ONU.

Melhores do mundo em três categorias

Os irmãos paulistanos estudantes de Engenharia da Computação Roberto e Eduardo Sonnino foram os primeiros colocados nas categorias Windows Azure Challenge, Metro Style Challenge e Kinect Fun Labs Challenge, para a qual contaram com a contribuição da colega Keila Keiko Matsumura. Em cada categoria, receberam um cheque de US$ 8 mil da Microsoft.

Para este feito inédito, eles desenvolveram duas tecnologias:

Projeto Eureka: um sistema de criação e compartilhamento de aulas interativas, que traz uma experiência imersiva e motivadora para os alunos, bem como facilidade na criação e apresentação do conteúdo pelo professor. Tudo isso usando os recursos do Windows 8, sistema operacional que será lançado em breve pela Microsoft, e do Kinect, sensor de movimentos para Xbox 360, além de outras plataformas de desenvolvimento.


Projeto Fusion4D: uma interface 3D inovadora que permite aos usuários interagir com os objetos virtuais 3D como se estivessem realmente em suas mãos, podendo mover, girar, aumentar, explodir em detalhes e até mesmo ver como os objetos seriam no passado e no futuro.

Seu uso é simples: o usuário só precisa usar comandos de voz e as mãos para manipular os objetos. Além disso, todo o sistema usa apenas dispositivos de baixo custo, como o Kinect, e não requer o uso de monitores especiais para a exibição da imagem 3D, ficando ao alcance de todos.

Brasil também é o 2º do mundo em Games

Os curitibanos Eduardo Schildt, Guilherme Borges Savio, Luiz Gustavo Gomes Monclar e Rhandros Dembicki também tiveram lugar de destaque no pódio ao conquistar o 2º lugar na categoria Game Design Xbox/Windows. O time primeiro colocado é da Tailândia.

O jogo desenvolvido pelos brasileiros se chama "Do More" (em português, "Faça Mais"). A proposta é controlar uma organização que ajuda no desenvolvimento de cidades ao redor do globo.

Por meio de pensamento estratégico, o jogador deve organizar estes fatores para ajudar a cidade em seus níveis: subdesenvolvido, em desenvolvimento e desenvolvido, observando os problemas da cidade, analisando o que está errado, e depois de o problema ser detectado, tomar uma ação e resolvê-lo.

O objetivo central é fazer com que o jogador perceba que com a união cada problema do mundo pode ser resolvido, além de encorajar a participação das pessoas no processo seja com doações para causas, prestando serviços voluntários, ou simplesmente mudando o modo de pensar.

?Sabemos que o sucesso dos brasileiros nessa competição refletirá na descoberta de talentos para o mercado mundial e mesmo na criação de startups que contribuirão para o fortalecimento da economia local de software. E este é o objetivo principal dessa nossa iniciativa, que está completando dez anos?, diz Marines Gomes, gerente de programas acadêmicos da Microsoft Brasil.

Premiações

Os vencedores da fase internacional da competição receberam um total de prêmios que somam 175 mil dólares. Na categoria de Projeto de Software, prêmios de 25 mil dólares para o 1º colocado, 10 mil dólares para o 2º lugar e 5 mil dólares para a 3ª melhor equipe do mundo. Já as categorias de Game Design Xbox/Windows e Game Design Phone e os demais Desafios distribuíram US$ 8 mil, US$ 4 mil e US$ 3 mil para os primeiros, os segundos e os terceiros colocados respectivamente.

A competição

A Imagine Cup é a principal competição de tecnologia para estudantes do mundo e reúne as mentes dos jovens mais brilhantes, que são desafiados a criar soluções tecnológicas tais como softwares, games, aplicativos móveis, entre outros, em várias categorias da competição para ajudar a melhorar a educação, a saúde, o meio ambiente e muito mais, sempre com base nas oito metas do milênio estabelecidas pela ONU. Na última década, 1,65 milhão jovens participaram da competição.

Criada em 2003, a Imagine Cup procura estimular a criatividade e o empenho de jovens no desenvolvimento de tecnologias inovadoras. Este ano, a iniciativa contou com 245 mil inscritos de mais de 190 países. O Brasil foi o 3º em número de inscritos, perdendo apenas para a China e a Índia, com 33 mil participantes. O evento também contou com o Banco Bradesco como patrocinador mundial pelo 5º ano consecutivo.

O Brasil também foi representado na fase mundial do torneio na Austrália por times formados por estudantes de Recife (PE) e Bauru (SP), que concorreram ao lado de outros 104 times internacionais.

No próximo ano, a Imagine Cup será celebrada na cidade de São Petersburgo, na Rússia.
 
 
 
 
Fonte: Adrenaline

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar