Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

HP ANUNCIA QUE SEU 1º TABLET COM WINDOWS 8 TERÁ PROCESSADOR X86, NÃO ARM

04/07/2012

O primeiro tablet Windows 8 da Hewlett-Packard será voltado para os negócios, com um processador x86, não um produto para consumidor com Windows RT, anunciou a companhia.

O Windows RT é uma versão do Windows 8 desenvolvida especificamente para tablets e outros dispositivos que usam processadores de arquitetura ARM, concorrente dos x86 da Intel. A HP não descartou a possibilidade de um dispositivo baseado em ARM, mas disse que seus esforços iniciais com tablets Windows se concentrarão em clientes corporativos.

A Microsoft recentemente surpreendeu o mundo da tecnologia ? e talvez até mesmo seus parceiros de longa data na fabricação de PCs ? anunciando dois novos tablets que pretende vender sob marca própria. O Surface, com ARM e Windows RT, é um dispositivo para consumidor, enquanto o mais caro e poderoso Surface com Windows 8 Professional tem CPU Intel Core i5 (x86) e é destinado aos usuários corporativos.

O anúncio do dispositivo é uma mudança dramática para o tradicional sistema operacional da Microsoft, que o licencia para fabricantes de hardware como HP, Dell e Acer, que por sua vez produzem e vendem PCs Windows.

Um porta-voz da HP enviou hoje a seguinte declaração via e-mail para a PCWorld/EUA: ?A HP continua querendo usar processadores ARM em produtos para empresas e para consumidores. No entanto, nosso primeiro tablet Win 8 será x86, com foco no mercado empresarial. Essa decisão foi influenciada pela demanda de nossos clientes. O robusto e consagrado ecossistema de aplicativos fornece a melhor experiência neste momento e no futuro imediato?. 

Então por que a Hewlett-Packard está produzindo um tablet com Windows 8 Professional primeiro? Algumas reportagens sugerem que a empresa e seus parceiros fabricantes de PC estão zangados com a Microsoft invadindo seus territórios com o Surface. Outro problema em potencial é o custo. Uma recente votação de fornecedores feita pela VR-Zone na feira Computex, revela que a Microsoft está cobrando aproximadamente 85 dólares de seus parceiros de hardware por cada cópia do RT, fazendo ser quase impossível obter lucro com um tablet para consumidor que custe menos de 500 dólares.

Finalmente, há a possibilidade de que um tablet corporativo seja simplesmente uma estratégia mais inteligente da HP, já que desde o ano passado tem reconcentrado seus esforços nos clientes de maior margem. Um tablet com processador x86 ? semelhante  ao próprio Surface - poderá executar programas como o Office e o Adobe Photoshop, tornando-o mais atraente para usuários corporativos.
 
 
 
Fonte: PCWorld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar