Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MOZILLA DECLARA GUERRA AO ANDROID

03/07/2012

Cada vez mais um número crescente de empresas do setor apoiam os planos da Mozilla de lançar um novo ecossistema móvel, totalmente aberto, baseado em HTML5. O sistema operacional, como confirmado nesta segunda-feira, 02/07, pela Mozilla, terá sua marca Firefox e impulsionará o lançamento de smartphones criados integralmente para os padrões abertos da internet, que permitem que todos os recursos dos dispositivos possam ser desenvolvidos com aplicações HTML5.

Operadoras como Deutsche Telekom, Etisalat, Smart, Sprint, Telecom Italia, Telefónica e Telenor já formalizaram o apoio ao sistema aberto Firefox OS, apresentado como uma nova proposta para o mercado de smartphones.

Por sua vez, os fabricantes de dispositivos TCL Communication Technology (sob a marca Alcatel One Touch) e ZTE anunciaram seus planos de fabricar os primeiros aparelhos com o sistema operacional Firefox OS, incorporado aos processadores Snapdragon ?, da Qualcomm. Está previsto que os primeiros dispositivos com o sistema Firefox OS incorporado sejam colocados à venda no Brasil no início de 2013, por meio da Vivo, marca comercial da Telefônica no Brasil.

O sistema Firefox OS para dispositivos móveis é baseado no "Boot to Gecko" da Mozilla, que elimina muitas das limitações de desenvolvimento web para dispositivos móveis, permitindo que os aplicativos em HTML5 acessem os recursos básicos do aparelho, que antes só estavam disponíveis para aplicações nativas.

A Telefônica Digital uniu forças com a Mozilla no início deste ano para levar este trabalho e mostrar uma nova arquitetura móvel em que cada recurso do telefone (chamadas, mensagens, jogos, etc) é um aplicativo HTML5.

Por se tratar de uma solução web que elimina grande parte de níveis de software (middleware) desnecessários, que normalmente estão presentes em muitos sistemas operacionais móveis, as operadoras de celular podem oferecer experiências ainda mais completas com os smartphones, por um preço inferior, o que ajudará a impulsionar a adoção destes telefones em mercados em desenvolvimento.
 
 
 
Fonte: Convergencia Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar