Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ANALISTA DIZ QUE LANÇAMENTOS DA GOOGLE NÃO RESOLVEM PROBLEMAS DO ANDROID

03/07/2012

Durante o Google I/O, evento da empresa voltado para desenvolvedores, a companhia exibiu seu próprio tablet Android, chamado Nexus 7, equipado com a versão mais atual do Android, conhecida como Jelly Bean e um dispositivo de mídia (parecido com uma Apple TV) que também foi lançado sob a marca da empresa, o Nexus Q.

No entanto, a empresa de pesquisa Ovum afirma que a companhia de Mountain View não resolveu o maior desafio do Android que ainda possui obstáculos significativos em seu portfólio de dispositivos que estão longe de serem resolvidos. 

O analista-chefe de telecom da Ovum, Jan Dawson, afirmou que, apesar do Nexus 7 se basear muito modelo do Kindle da Amazon, que coloca ao centro o conteúdo que pode ser consumido no dispositivo, o aparelho carece de aplicativos convincentes e de conteúdos otimizados para telas maiores. ?Com sete polegadas, o problema não é tão grave, porém não tira o obstáculo do caminho, e o Google não comentou nada a respeito de resolver esse problema?, afirmou o especialista. 

Além disso, Dawson afirmou que o preço do tablet não é algo sustentável a longo prazo, já que ele depende de algum tipo de subsídio. ?Mesmo assim, o tablet é um passo importante para estratégia do Google em relação ao Android, e quebra a dicotomia de que existem aparelhos de baixo custo, com baixa performance, e dispositivos mais caros, porém com especificações avançadas? avaliou. 

Apple TV é mais barato
Dawson disse também que o Nexus Q, dispositivo de mídia exibido pela empresa, também tem algumas pedras pelo caminho. De acordo com o representante da Ovum, o equipamento é muito parecido com a Apple TV (lançada em 2007); ele custa 299 dólares e faz streaming de conteúdos na nuvem e pode ser conectado a TV e outros dispositivos. 

Todavia, a Apple TV custa 99 dólares e pode fazer muito mais, incluindo espelhar a tela de smartphones e tablets, logo há pouca esperança de que o dispositivo do Google consiga dominar as salas de estar pelo triplo do preço, avaliou Dawnson. 

Mesmo assim, Dawson disse que a versão mais atual do Android possui boas melhorias, incluindo um concorrente para o Siri da Apple e um novo serviço chamado Google Now, que utiliza inteligência artificial para reunir informações relevantes ao contexto do usuário. ?O anúncio do Google de que a empresa começaria a enviar os kits de desenvolvimento de software para os fabricantes meses antes de lançar a plataforma para os usuários é a primeira tentativa séria da empresa para reduzir tanto a fragmentação quanto as longas esperas que os usuários enfrentam para conseguir a versão mais atual do Android em seus aparelhos? concluiu. 

 
 
Fonte: PCWorld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar