Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

RIVAL: GOOGLE NOW AVANÇA E CAMINHA EM DIREÇÃO AO SIRI

02/07/2012

 

O Google está levando a ferramenta de buscas a outro nível. Na conferência anual da companhia, a Google I/O, a gigante mostrou a última atualização para seu sistema operacional - o Android 4.1, ou Jelly Bean, como é popularmente conhecido. E um dos aspectos mais interessantes do Jelly Bean é o seu inteligente assistente, o Google Now.

Quer saber mais sobre restaurantes interessantes enquanto você caminha pela rua? Ele pode te dizer, e até mesmo oferecer uma alternativa de rota para chegar até lá.

A nova ferramenta de busca é projetada para utilizar seu histórico de pesquisa, calendário, localização e o Google Maps para oferecer informações úteis, caso você tenha perdido o trem, ou precise de informações atualizadas sobre o próximo voo. "Desde o início, o Android teve a busca em sua essência", disse o diretor da Gestão de Produtos da Google, Hugo Barra, durante a conferência. "Agora, alcançamos uma busca por voz mais rápida e natural. Nós estamos mostrando os resultados da pesquisa de uma maneira original."

O analista da The Gabriel Consulting Group, Dan Olds, disse que, enquanto o Google Now está sendo lançado com o Android 4.1 para dispositivos móveis, ele espera que, eventualmente, o recuso vá além. "Espero ver a Google expandindo essa capacidade para outras plataformas, como computadores, via conta de usuários Google", acrescentou. "Desse modo, você poderá ter seu computador exatamente no mesmo ponto em que seu telefone parou, quando ele te avisar sobre o envio de um cartão de aniversário para sua tia favorita."

Chance de oferecer alternativa
O serviço de voz Google Now é obviamente um competidor do Siri, que foi introduzido com o iPhone 4S no último ano. Enquanto a Apple obteve vantagem com o Siri, por ter sido o primeiro e chamado a atenção da mídia, nem toda essa atenção foi positiva. Algumas pessoas reclamaram que o Siri não é tão útil ou perfeito quanto o esperado.

De acordo com analistas, com centenas de milhões de usuários Android e com o Siri recebendo críticas, a Google tem uma chance - isso se o Google Now funcionar direito. "Se o mercado dos smartphones fosse um jogo de poker, então a Google acabou de pagar e aumentar a aposta do Siri", disse Old. "Enquanto o Siri tem boas opções a oferecer, o Google Now parece estar saindo do porão com boa parte - se não todas - as mesmas funcionalidades, mas com toda a Google por trás disso, somado ao que pode ser uma enorme quantidade de interesse de desenvolvedores."

O Google Now é o próximo passo lógico para as buscas do Google, disse o analista da CurrentAnalysis, Brad Shimmin. "Ela está deixando de ser uma empresa de infraestrutura de informações, para ser uma companhia que habilita condições humanas - a infraestrutura humana", disse Shimmin. "Google Now faz sentido, porque coloca áreas especializadas da Google, como o Maps e a busca - para funcionar onde e quando eles podem ter o maior impacto - nos dispositivos móveis em tempo real."

E isso será um grande desafio para o Siri. "Ele difere do Siri na medida em que não é simplesmente uma ferramenta de automação de pesquisa ou tarefa que entende a linguagem natural", disse Shimmin. "Ao contrário, é um serviço de conhecimento de linguagem natural. Eu acho que a dissidência atual em torno do Siri não decorre da tecnologia, mas da maneira em como os usuários devem interagir com essa tecnologia. Tanto a Apple quanto o Google terão que melhorar a interface destes sistemas a fim de torná-los menos inoportunos, mais naturais e, em geral, menos irritantes."

No entanto, com o intuito de lembrá-lo sobre uma próxima reunião ou para avisá-lo sobre o clima antes de planejar a bicicleta para trabalhar, o Google precisa saber um monte de informações sobre você, o que você fez no passado, o que você está fazendo agora e o que você provavelmente vai fazer nos próximos dias ou meses.

 

Fonte: MacworldBrasil

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar