Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

LEILÃO DO 4G ACONTECE NESTA TERÇA, ÀS 10 HORAS

12/06/2012

Às 10 horas desta terça-feira, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) dará início à venda dos lotes da internet móvel de alta velocidade, ou 4G. Os lotes serão disponibilizados em um leilão do qual participarão seis operadoras - Vivo, TIM, Oi, Claro, Sky e Sunrise. Amanhã, o governo descobrirá quantos dos 273 lotes de frequências caberão a cada empresa, quando serão abertos os envelopes com as propostas financeiras de cada uma delas. Se elas forem vendidas pelo preço mínimo, pelo menos R$ 3,8 bilhões devem ser arrecadados. Vencerá quem oferecer o menor preço para o usuário final.

Em 2011, existiam cerca de 6 bilhões de usuários de telefonia celular no mundo, mas somente  7,4 milhões já eram atendidos pela telefonia celular de quarta geração (4G). A principal razão é o preço para o usuário final, ainda bastante caro mesmo nos países que já contam com a rede há mais tempo. As operadoras alegam que os preços elevados se dão por causa do investimento necessário em infraestrutura, que seria cerca de quatro vezes maior do que na rede 3G. Os vencedores do leilão no Brasil terão que arcar com R$ 16 bilhões apenas em garantias do cumprimento das obras.

O que muda: Com a mudança do padrão de velocidade na rede móvel, mudam também os hábitos dos consumidores ? serviços de videoconferência ou de entretenimento em vídeo devem ganhar muitos acessos, já que não serão mais prejudicados pela sofrível conexão 3G brasileira.

A mudança de 3G para 4G também deverá motivar os usuários a trocarem de celulares, já que os smartphones vendidos por aqui não estão adaptados à nova conexão. As frequências de 4G leiloadas operam na faixa de 2,5 GHz e são destinadas à tecnologia Long Term Evolution, conhecida como LTE, uma espécie de banda larga móvel com velocidade de até 100 Mbps.

Além das frequências de 4G, a Anatel oferecerá também faixas de 450 MHz para o fortalecimento do serviço móvel rural.

Prazos: A expansão do 4G se dá de forma razoavelmente atrasada no Brasil, pois já há tempos a conexão já está disponível nas operadoras dos Estados Unidos, Europa e Ásia. Meio que às pressas, o leilão do 4G se destina principalmente à modernização da estrutura de internet do Brasil às vésperas de grandes eventos, como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

De acordo com o edital lançado pelo governo federal, todos os municípios com mais de 100 mil habitantes deverão ter cobertura 4G até 31 de dezembro de 2016. As cidades sedes da Copa das Confederações deverão estar cobertas por 4G até 30 de abril de 2013, enquanto as sedes e subsedes da Copa do Mundo terão o serviço até 31 de dezembro de 2013.

Até 31 de dezembro de 2015, as áreas rurais até 30 km da sede de todos os municípios brasileiros terão cobertura na faixa de 450 MHz, com serviços de voz e dados. A licitação prevê o preço de R$ 0,31 para minuto pré-pago e de R$ 30,60 para franquia mensal de 100 minutos no pós-pago. A franquia mensal de dados será de R$ 32,59 por velocidade de 256 Kbps.

 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar