Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MICROSOFT LIDERA PEDIDOS PARA GOOGLE REMOVER CONTEÚDO PIRATA DA BUSCA

25/05/2012

Homem caminha por sede de Microsoft, em Redmond (EUA); empresa é líder em pedido de remoção
 
 

O Google liberou nesta quinta-feira (24) informações sobre a remoção de conteúdo da busca do site por infração de direitos autorais. A empresa líder em número de requisições é a Microsoft, que já pediu o ?desaparecimento? de mais de 2,5 milhões de páginas com conteúdo pirata desde julho de 2011. O Transparency Report, voltado para problemas de direitos autorais, está disponível aqui (apenas em inglês) para consulta.

Dentre as páginas com maior número de remoção estão as que fornecem números de série para validação de cópias falsas de sistemas da companhia, e sites que disponibilizam cópias piratas de softwares da Microsoft. A página com o maior número de pedidos de remoção da gigante de software é a todoroms.com, que soma 62,8 mil pedidos.

A Microsoft é a única empresa de software presente na lista das 20 empresas com o maior número de reclamações ao Google. As outras empresas são de estúdios de cinema, gravadoras de música e produtoras de conteúdo adulto. 

Após a Microsoft, no ranking, vem a NBCUniversal  (grupo de mídia responsável por vários canais de televisão e o estúdio de cinema Universal) e a Riaa (associação americana que representa gravadoras americanas como EMI e Sony Music). As companhias somam 986,37 mil e 416,73 mil solicitações de remoção, respectivamente.

No ramo adulto, as empresas que mais solicitaram a remoção de conteúdo ilegal da busca do Google foram FroytalServices (339 mil), BangBros (146 mil) e RK NetMedia (143 mil).

É a primeira vez que o Google apresenta dados referentes a remoção de conteúdos piratas da busca do site. Desde o início do Transparent Report (relatório de transparência, em tradução literal), a companhia costumava divulgar o número de pedidos de governos e pessoas físicas para remoção de informações. Na última, o Brasil apareceu como o país que mais pede solicitações ao Google.

?Lutar contra a pirataria é muito importante e nós não queremos que os resultados de nossa busca levem as pessoas a conteúdos que violam as leis de direitos autorais. Nós sempre respondemos a requisições de remoção de infração de direitos autorais que estão em conformidade com os padrões da Digital Millenium Copyright Act [Lei dos Direitos Autorais do Milênio Digital dos EUA]?, escreveu Fred Von Lohmann, consultor de direitos autorais do Google, no blog oficial da empresa.

Maiores alvos

De modo geral, os sites de compartilhamento de arquivos são os maiores alvos das companhias. O líder de solicitações remoção foi o filetube.com com 389,52 mil. O site, como o Megaupload, permite a postagem de arquivos pelos usuários. A página ainda conta com um mecanismo de busca para que qualquer pessoa tenha acesso ao que está armazenado no site.

Outros sites que aparecem com destaque na lista de remoção da busca do Google são o 4Shared.com (132,5 mil), extratorrent.com (119,6 mil) e o thepiratebay.org (80,4 mil).
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar