Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

YAHOO VENDE SUA PARTICIPAÇÃO NO ALIBABA POR US$ 7,1 BILHÕES

22/05/2012

O Yahoo concordou em vender metade de sua parcela de ações da Alibaba Group de volta para a gigante de e-commerce chinesa, como parte de um acordo de 7,1 bilhões de dólares, conforme um anúncio feito pelas duas empresas nesta segunda-feira (21). 

A venda significa que a Alibaba irá comprar de volta do Yahoo cerca de 20% de sua própria companhia, dando à empresa chinesa um controle muito maior sobre suas próprias operações. Em retorno, pagará à empresa norte-americana 6,3 bilhões de dólares em dinheiro e até 800 milhões em novas ações da Alibaba, especificou a companhia em seu anúncio. 

O acordo também permite ao Yahoo ganhar dinheiro com sua participação remanescente, se o Alibaba decidir fazer sua oferta pública de ações (IPO) no futuro. A empresa chinesa também deverá comprar um quarto da parcela de ações atual do Yahoo ao preço da IPO, ou permitir que a norte-americana venda essas ações. 

O CEO interino do Yahoo, Ross Levinsohn, afirmou em uma declaração que o acordo poderá fornecer ?transparência? aos acionistas da empresa, a respeito de quais são seus maiores investimentos - o acordo foi baseado em uma avaliação de 35 bilhões de dólares da Alibaba. As duas empresas já estiveram discutindo a possibilidade da Alibada comprar de volta suas ações; originalmente, o Yahoo havia adquirido cerca de 40% da empresa, como parte de um acordo de 1 bilhão de dólares firmado em 2005. Entretanto, desde então, as empresas tiveram atritos por causa de decisões corporativas diferentes, com Yahoo afirmando que certas reestruturações feitas pela gigante chinesa estavam desvalorizando seu investimento. 

A Alibaba é uma companhia chinesa dona de diversas empresas de e-commerce, incluindo o site Taobao, que se tornou a plataforma de compras mais famosa do país. Contudo, antes do Yahoo, a companhia japonesa de telecomunicações Softbank era detentora de mais de 70% das ações da companhia - hoje, a empresa continua com 32% da parcela de ações e, depois do novo acordo, tanto a Softbank quanto o Yahoo não podem comprar mais de 50% da empresa. 

Depois do acordo entre assinado hoje, o Yahoo também permitirá que a Alibaba continue operando o Yahoo China pelos próximos quatro anos, e, em retorno, a companhia chinesa irá pagar 550 milhões de dólares, juntamente com outros montantes referentes a royalties. 
 
 
 
 
Fonte: IdGNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar