Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

7 GAMES PARA FICAR DE OLHO NA E3 2012

21/05/2012

A E3 (Electronic Entertainment Expo) é um dos maiores eventos de jogos eletrônicos do mundo. Como de costume, muitas informações, fotos e vídeos atiçam ainda mais a nossa vontade alucinante de jogar. A edição deste ano, marcada para acontecer entre 5 e 7 de junho em Los Angeles (EUA), promete nos mostrar games que certamente farão parte da rotina de milhões de jogadores mundo afora.

 

A seguir, nomeio os 7 jogos (em ordem alfabética, não de preferência) que mais espero por novidades. Lembrando que, da mesma forma como vocês, sou consumidor e gosto de planejar bem as minhas futuras compras procurando estabelecer uma análise sobre o jogo apresentado, principalmente nas questões de diversão e o nível de conexão emocional com a proposta central de jogo.


  • 1) Assassin´s Creed III (Ubisoft | Ação | Multi | Estreia: 30 de outubro)

Se existe uma franquia multiplataforma que surgiu nesta geração e que não se cansa de acumular elogios e altas vendas é "Assassin´s Creed". Com o terceiro jogo, a premissa deve se repetir de uma forma ainda mais intensa: a Ubisoft prepara diversas novidades na série, sobretudo na localização contextual mais moderna para a trama, ambientada durante a Revolução Americana, guerra que antecedeu a Independência dos Estados Unidos.

O protagonista de "Assassin´s Creed III" será Connor, filho de uma indígena americana com um soldado branco inglês. A produtora já prometeu implementações nos sistemas de furtividade, negociações e combates, incluindo diversos tipos de armas que remetem ao confronto, além da presença de personalidades históricas importantes da época, como Benjamin Franklin, Charles Lee e George Washington


  • 2) Dishonored (Bethesda | Ação/Aventura/Shooter | Multi | Estreia: 9 de outubro)

A escassez de informações sobre o mundo steampunk "Dishonored" não me deixou intimidado em colocá-lo na lista dos que mais aguardo por novidades. A produtora Bethesda apenas liberou um vídeo até hoje e o game logo se tornou uma das minhas preferências por nitidamente mesclar mecânicas de duas grandes franquias desta geração: "Assassin´s Creed" e "BioShock".

Aliado a isso, o fato do game acontecer numa sociedade opressora controlada por um governo ditatorial que não permite o acesso à informação, pode muito bem encaixar, também, com uma jogabilidade furtiva mais direcionada a elementos de jogos do gênero stealth, sem deixar de lado os tiroteios frenéticos em primeira pessoa, quando os momentos assim pedirem pela ação.

  • 3) Grand Theft Auto V (Rockstar Games | Ação | Multi | Sem data de estreia)

Qual a franquia com temática open-world mais popular de todos os tempos? "GTA", é claro. Nostalgias à parte (estou aqui me lembrando do lendário "Vice City"), cada novo episódio é garantia de inúmeras horas de diversão, personagens carismáticos, grandes cenários para explorar, dezenas de coisas para fazer e, é claro, muita barbaridade de mal gosto para cometer sem qualquer tipo de culpa.   

O novo episódio retorna a Los Santos, a mesma cidade de "San Andreas". Por ora, sabe-se que o mapa central será, pelo menos, 5 vezes maior do que a Liberty City (de "GTA IV"). Além disso, a possibilidade de customização de carros e outros tipos de veículos e da modificação e evolução de armas deve trazer uma dinâmica maior de combate em desafios mais elaborados e complexos.


  • 4) God of War: Ascension (Santa Monica Studios | Ação | Playstation 3 | Estreia: 2013)

Nem mesmo os meus receios mais sombrios com o próximo capítulo de uma das séries que mais gosto no Playstation me impediu de colocar "God of War: Ascension" nesta lista. Os motivos para isso são vários: promessa de inovações no sistema de combates, detalhes da história de Kratos antes de se tornar o submisso fantasma de Esparta e, é claro, como o irá funcionar, de maneira mais dinâmica e completa, o inédito modo multiplayer online.

Além disso, "God of War" sempre foi sinônimo de qualidade ímpar nos jogos eletrônicos. Não há um episódio sequer em que todos os quesitos técnicos não foram bem trabalhados ou aproveitados. Ainda mais porque estamos falando do estúdio Santa Monica, uma empresa first-party (exclusiva) da Sony que sabe tirar proveito das plataformas com que trabalha.


  • 5) The Last of Us (Naughty Dog | Aventura | Playstation 3 | Estreia: 2013)

É claro que a nova superprodução da Naughty Dog, a mesma produtora da elogiadíssima série "Uncharted" (a minha favorita no PS3), estaria nesta compilação. O motivo da minha empolgação é que não tenho a menor dúvida de que o game chagará "redondo" às lojas e irá inovar o conceito de ajuda mútua entre personagens (Joel e Ellie) em constante risco num mundo pós-apocalíptico dominado por sobreviventes desesperados e seres bizarros infectados por fungos.



O que mais me chama atenção aqui é a possibilidade real do primeiro vídeo com o gameplay do título aparecer durante a conferência da Sony. E isso significa conhecer, pela primeira vez, como será o sistema de combate e de que maneira irá funcionar a exploração dos cenários durante a busca por medicamentos, itens específicos e objetos que sirvam como arma. Além disso, ter a certeza de que o game não será apenas "mais um jogo de zumbi" já é algo ser levado em consideração.


  • 6) Tomb Raider (Crystal Dynamics | Aventura | Multi | Estreia: 2013)

Nostalgia e renovação são as palavras-chaves para a minha empolgação com este reboot. Primeiro que há muito tempo que não vejo muita graça em um jogo da série "Tomb Raider" (o último foi o "TR 4: The Last Revelation"). Segundo que, de acordo com a produtora Crystal Dynamics, a ideia será a de transformar Lara Croft numa aventureira arqueóloga mais humana e vulnerável.

 

Só isso já abre possibilidade para diversos tipos de novidades na série, principalmente na mecânica de jogabilidade. A heroína agora poderá se machucar, o que trará consequências na sua movimentação e nas habilidades de exploração. Além disso, contará apenas com recursos básicos de sobrevivência, deixando-a mais suscetível às ameaças que encontrar pelo caminho. O realismo, as situações desfavoráveis e as dificuldades de encarar desafios terão grande destaque no jogo. 


  • 7) Resident Evil 6 (Capcom | Ação | Multi | Estreia: 2 de outubro)

Só a proposta da produtora Capcom em retornar ao estilo clássico de terror dos primeiros episódios da série "Resident Evil" já faz aumentar todas as minhas expectativas com o sexto episódio. Afinal, nada melhor do que aquela sensação de medo e vulnerabilidade constantes quando, de repente, qualquer coisa adentra pela janela ao seu lado, quebrando tudo e fazendo um barulho ensurdecedor...

A volta de dois personagens marcantes, Leon S. Keneddy e Chris Redfield, também será um dos pontos altos. Será interessante acompanhar, além de como irá acontecer a evolução do enredo, a sincronização das missões de Leon (que está enrascado numa missão nos Estados Unidos) com as de Chris (que se encontra no meio de uma guerra biológica na China). Só realmente peço uma coisa aqui: um vídeo detalhado com o gameplay, mostrando variedade de armamentos e inimigos em ação in-game.
 
 
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar