Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

UPDATE DE ANTIVÍRUS DA AVIRA IMPEDE INICIALIZAÇÃO DO WINDOWS

18/05/2012

A companhia de segurança Avira liberou na última segunda-feira (14/05) uma atualização para seu antivírus que danificou um número inestimado de máquinas com Windows. Um dos clientes, que preferiu não se identificar, disse que a falha foi ?catastrófica? para sua empresa.

Um dia, depois, na terça-feira, a Avira enviou novo update, a fim de corrigir o problema que o anterior havia causado.

?Logo após o lançamento do Service Pack 0 (SP0) para o Avira 2012, o recurso ProActiv passou a bloquear aplicações legítimas do Windows?, informou a empresa a partir de seu site de suporte. ?Nós sentimos muito por qualquer dificuldade que tenhamos causado.?

O ProActiv monitora o sistema à procura de atividades suspeitas, que podem levar à infecção do computador. Os usuários, logo que instalaram o patch, começaram a reclamar do bloqueio de quase todo arquivo executável ? a extensão .exe. Em alguns casos, a ferramenta não permitiu que arquivos críticos para o Windows fossem abertos, fazendo com que o SO sequer fosse iniciado.

No portal da Avira, diversos internautas se mostraram irados com a situação.

?O update foi catastrófico. Toda a empresa ficou paralisada?, escreveu ?AssronH?, na última terça-feira. ?Sempre fui um grande defensor da Avira, mas penso que o que aconteceu poderá alterar minha posição na hora de renovar a licença daqui a alguns meses.?

Segundo a discussão presente na mesma página, a correção enviada simplesmente desabilitou o ProActiv, em vez de consertá-lo. A companhia decidiu investigar mais a fundo a ocorrência antes de reativar o recurso.

O contratempo atingiu as versões Profissional Security, Internet Security 2012 e Antivirus Premium 2012, software pagos cujos preços variam de 30 a 60 dólares ? no Brasil a licença de um ano pode custar até 105 reais. A versão gratuita não sofreu com o problema.

A Avira, fundada em 1986 na Alemanha, é a segunda maior fabricante de antivírus, de acordo com os dados mais recentes.
 
 
 
Fonte: IdgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar