Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

GOLPISTAS QUE FINGEM SER NAMORADOS VIRTUAIS ROUBAM DE VÍTIMAS US$ 50 MILHÕES EM 2011

17/05/2012

Cibercriminosos que se passaram por ?românticos apaixonados? lucraram, em 2011, cerca de US$ 50 milhões, segundo relatório divulgado pelo Internet Crime Center. As mulheres foram as principais vítimas desses golpes na internet e juntas tiveram prejuízo de US$ 39 milhões. As informações são do ?Huffington Post? e ?Fast Company?.

Chamado de scam, o golpe tem como objetivo roubar dinheiro do usuário e usa mensagens falsas, seja por e-mail ou sites.

De acordo com o relatório, os cibercriminosos que se passam por falsos apaixonados buscam vítimas em salas de bate-papo, sites de namoro e redes sociais. Para aplicar o golpe, afirmam que vão enviar flores e presentes às vítimas, usando histórias falsas de tragédias pessoais, acidentes e dificuldades para ganhar sua confiança. Então, roubam seus dados bancários ou convencem as vítimas a enviarem dinheiro a eles.

John Breyault, diretor da Liga Nacional de Consumidores contra Fraudes, explica que o sucesso desse tipo de golpe é maior do que outros. ?Eles desenvolvem um relacionamento, muitas vezes romântico com as vítimas, e há mais confiança.?

Além da maioria das vítimas desses golpes serem mulheres, muitas delas são divorciadas ou viúvas, deficientes físicas ou idosas.

Outro tipo de golpe que está se tornando comum, aponta o relatório, são os que envolvem ofertas de emprego. Cibercriminos da Nigéria, Rússia e Estados Unidos buscam anúncios em serviços como o Craiglist.com e Monster.com para encontrar pessoas desempregadas e fazer ofertas de emprego em operações de lavagem de dinheiro. Mais de 17 mil pessoas afirmaram ter caído em golpes desse tipo.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar