Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

INTEL LANÇA PROCESSADORES DE OLHO NA NUVEM

15/05/2012

 

A Intel anunciou nesta segunda-feira, 14, durante o Developer Forum, o lançamento de sua nova família de processadores Intel Xeon E5-2600. De acordo com a fabricante, a nova família tem foco específico em data centers e aplicações em nuvem e já está disponível em equipamentos de fabricantes como Accept, CCE, Dell, Diebold, HP, IBM, Itautec, Sinco.

De acordo com a Intel, até 2015 o mundo terá 15 bilhões de dispositivos conectados e mais de 3 bilhões de usuários. No mesmo período, a quantidade global de tráfego IP dos data centers deverá aumentar 33%, ultrapassando 4,8 zetabytes por ano, mais do que 3 vezes a quantidade de 2011.

Nesses níveis, cada usuário conectado gerará mais de 4GB de tráfego de dados todos os dias ? o equivalente a um filme de 4 horas em HD. Isso aumentará a quantidade de dados que precisam ser armazenados em praticamente 50% por ano. Para poder atender a esse crescimento, o número mundial de servidores em nuvem deve mais do que triplicar até 2015.

?No Brasil, onde o mercado de TI cresce em um ritmo ainda mais acelerado do que em outros países, esta tendência é ainda mais forte? comentou Reinaldo Affonso, diretor de tecnologia da Intel para a América Latina. ?Para as empresas aproveitarem essas inovações, a indústria precisa resolver a demanda por eficiência, segurança e infraestrutura de alta performance para data centers, e os novos processadores são a nossa aposta para isso.?    .

De acordo com Affonso, esses processadores não estão apenas no centro de servidores e workstations, mas também equiparão a próxima geração de sistemas de armazenamento e comunicações dos principais fornecedores de todo o mundo, em especial data centers que ofereçam soluções baseadas em computação em nuvem.

Com suporte para até oito núcleos por processador e até 768GB de memória para o sistema, a família de produtos Intel Xeon E5-2600 melhora a performance em 80% em comparação com a geração anterior do processador Intel Xeon 5600 series.

?Nossa visão é de Data Center seguros, eficientes e inteligentes, que sejam capazes de materializar o mundo digital que vislumbramos hoje ? um mundo onde o contínuo computacional irá mudar radicalmente a forma como nos relacionamos com nossos dispositivos conectados, e a forma como eles se comunicam entre si para tornar a nossa vida mais simples e inteligente?, explica Affonso.

O executivo explicou que a companhia tem uma visão do que será a nuvem até 2015. Para a Intel, ela deverá seguir três características: será federada, permitindo o compartilhamento de informações entre diferentes nuvens públicas e privadas; será ciente, permitindo acesso de qualquer dispositivo e contando com serviços otimizados de acordo com a capacidade de cada dispositivo; e será automatizada.

Para isso, a criação de padrões é fundamental, e a Intel vem participando de uma série de iniciativas neste sentido. ?A maioria dos usuários corporativos tende a aguardar os padrões antes de adotar novas tecnologias. Já há alguns exemplos de padrões e várias empresas entregando soluções de acordo com estes padrões?, lembra, citando a Vivo e a Locaweb como participantes do Open Data Center Alliance e exemplos desta tendência.

De todo modo, Affonso disse acreditar que um ou dois padrões devem prevalecer nos próximos anos. ?É a busca de todos neste momento, mas vai se impor o que for mais confortável para a indústria?, disse.
 
 
 
Fonte: Convergencia Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar