Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

INTERNET É A MÍDIA PREFERIDA DE 62%, DIZ ESTUDO

11/05/2012

No Brasil, a internet é a mídia preferida por todas as faixas etárias, de renda, gênero e região quando se tem pouco tempo livre, somando 62%. Além de ser considerada o meio mais importante para 82% dos entrevistados (85% mulheres e 79% homens). Os dados são da pesquisa ?como 80 milhões de brasileiros acessam a internet no Brasil?, do Interactive Advertising Bureau (IAB Brasil), apresentada nesta quinta-feira, 10. 

 
Em geral, a audiência online no país é consideravelmente aberta e receptiva à publicidade digital, considerando-a como a mais criativa (49%), rica em conteúdo (48%), evidente (40%), crível (37%) e menos incômoda (36%). 
 
A maioria dos entrevistados concorda que usa a internet para pesquisar produtos que desejam comprar offline (65%) e que os anúncios online têm os motivado a comprar produtos (57%) ou visitar lojas anunciadas (56%). Já 60% disse ser motivado por anúncios online a buscar mais informações sobre os produtos oferecidos, além de considerar a internet como o meio mais conveniente de fazer compras. 
 
Segundo Fabio Coelho, presidente do IAB Brasil, a internet já é mainstream no Brasil conectado e isso é um fator positivo para o crescimento da publicidades no ambiente online. ?O estudo mostra isso de forma contundente. A adoção da internet em casa, no trabalho, na escola ou na rua rompe com vários mitos sobre essa liderança que ocorre em todas as faixas etárias ou de renda e mostra que 42% dos conectados no país passam mais de duas horas por dia online e que o acesso ocorre cada vez mais por múltiplos dispositivos, fixos ou móveis. Fica claro que o brasileiro conectado é bastante receptivo à publicidade na web, considerando-a crível, pouco intrusiva e muito criativa, além de considerar a internet como principal fonte de pesquisas para decisões de compras, seja online ou nas lojas físicas. Todos os dados confirmam a expansão do mercado, que tende a se acentuar com as iniciativas de ampliação do acesso a banda larga e também ao aumento da base instalada de smartphones. Estamos apenas no limiar de uma grande transformação?, afirma.
 
Mais de 40% dos entrevistados passam, pelo menos, duas horas por dia navegando na internet por vários dispositivos, enquanto apenas 25% usam o mesmo tempo assistindo TV. A internet também é a atividade preferida por todas as faixas etárias, de renda, gênero e região quando se tem pouco tempo livre, somando 62%. Além de ser considerado o meio mais importante para 82% dos entrevistados (85% mulheres e 79% homens).
 
Foram entrevistadas 2.075 pessoas usuárias de internet, entre 15 e 55+ anos, sendo 51% homens e 49% mulheres, de 6 a 14 de fevereiro de 2012, via e-mail. Os dados foram ponderados proporcionalmente às taxas nacionais online para faixa etária, gênero e região de residência de forma que os resultados sejam representativos da população online (55% Sudeste; 19% Sul; 13% Nordeste; 8%  Centro Oeste; 5% Norte).
 
Em casa, a internet é sempre a mídia mais acessada, sendo 89% no período da manhã, 78% à noite e 73% em outros momentos do dia. Da mesma forma, a web é a mídia mais utilizada em todos os demais lugares e situações de um dia típico: 60% trabalho; 52% na casa de amigos ou familiares; 44% escola; 44% restaurantes e cafés; 43% reunião com amigos; 34% shoppings.
 
Com relação aos tipos de canais que a internet é acessada, o desktop lidera com 77%, seguido pelo notebook ou laptop (59%), smartphone (40%), tablets (16%), iPad (15%), console de videogame (12%), iPod (10%) e outros dispositivos (2%). Entretanto, os jovens preferem utilizar os smartphones, tablets e videogames para navegar. 
 
A maior parte (62%) da audiência brasileira online acessa a internet via dois ou mais canais. Destaca-se a faixa etária de jovens adultos (entre 25 e 34 anos) aonde 23% acessam por quatro ou mais canais. Além disso, 61% dos brasileiros usam frequentemente o computador enquanto veem TV, sendo que as mulheres são mais propensas que os homens neste uso paralelo (32%). Dentre os que usam os dois tipos de mídia simultaneamente, 92% prestam igual ou mais atenção na internet.
 
O estudo visa compreender a audiência online no Brasil, tanto em termos de seu envolvimento com a Internet e os diversos tipos de tecnologia quanto das percepções e atitudes em relação à publicidade digital. 
 
 
 
Fonte: Adnews

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar