Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CARRO AUTÔNOMO DA GOOGLE JÁ PODE CIRCULAR EM LOCAIS PÚBLICOS

09/05/2012

O carro sem motorista da Google segue superando obstáculos. Ele foi aprovado nos testes em Nevada, nos Estados Unidos, e ganhou a permissão para circular pelas ruas do estado ? o primeiro a concedê-la. Agora, a gigante poderá intensificar as provas por que a tecnologia deve passar a fim de aprimorá-la.

O veículo, uma versão modificada do Toyota Prius, não precisa da intervenção humana para acelerar, parar ou fazer curvas. Ele já foi testado em cidades como Carson e Las Vegas, onde possuía uma licença especial, e agora Nevada decidiu conceder-lhe uma placa específica, vermelha e com o alerta: ?autonomous car? (carro autônomo). Esta deverá ser incluída em todos os modelos que a Google colocar nas ruas, embora eles sejam bem distinguíveis por terem câmeras e radares acoplados ao teto.

O estado americano começou a trabalhar na licença para carros autônomos em junho do ano passado, quando seus legisladores aprovaram sua circulação em locais públicos. Em fevereiro o Departamento de Trânsito definiu as normas impostas a eles, que, inclusive, limita o número de unidades disponíveis para testes.

Para serem aprovados, os veículos sem motorista devem completar um trajeto de 16 mil quilômetros sem incidentes. Além disso, os cidadãos responsáveis por eles precisam enviar às autoridades uma descrição completa de sua tecnologia, um plano em caso de emergência, e se comprometer a treinar as pessoas que irão manuseá-los. A licença custa 100 dólares, mas também é preciso depositar um caução no valor de 1 milhão de dólares, que dá direito a colocar cinco carros autônomos nas ruas.

O governo de Nevada afirma que outras empresas o procuraram dispostas a testar veículos autônomos próprios. Embora os exames ainda estejam em curso, a intenção é liberar a venda de carros to tipo ao público em geral em breve. Eles terão placas verdes e um símbolo especial, e seus condutores terão de passar por um treinamento específico para obter a licença necessária.

 
 
 
Fonte: PcWorld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar